Menu
Busca sexta, 15 de outubro de 2021
(67) 99257-3397
ECONOMIA

MS aumentou produção de algodão, feijão e aveia em 2019

02 outubro 2020 - 08h47Por Gizele Almeida com IBGE

Dados da PAM (Pesquisa) do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgados nesta quinta-feira (01) mostram que além do milho e da soja, outros tipos de cultivo tiveram a produção ampliada em 2019, em Mato Grosso do Sul. Trata-se do algodão herbáceo, aveia e do feijão.

O algodão herbáceo figurou inclusive, com recorde nacional, como sendo o Estado, o 6º maior produtor.

Foram 166.854 t produzidas em MS, 20 100 t a mais que o obtido em 2018. O estado ocupava em 2018 a quinta posição entre os maiores produtores, porém, devido ao aumento abrupto na produção de MG, que produziu 92.615 t em 2018 e 168.976 t em 2019, MS passou a ser o 6º maior produtor do país em 2019.

Conforme a pesquisa, em 2019, com 6,9 milhões de toneladas, o país elevou o volume da exportação do algodão bruto em 65,7%, tornando-se o seu segundo maior exportador mundial, atrás dos Estados Unidos.

Valor da produção de feijão no estado cresceu 103% em 2019

Em 2019, a produção de feijão superou a de 2018 em 29,56%. No ano passado, a produção em toneladas foi de 31.323, enquanto em 2018 foram 24.176 toneladas. Além disso, observou-se o novo recorde de R$ 67,7 milhões relativamente ao valor da produção, o que representou uma alta de 103,49%, comparando-se a 2018 (R$ 33,2 milhões).

No ranking das UFs, MS ocupava a 13ª posição. Já entre os municípios de MS, os maiores produtores foram: Bonito (5.247 t), Antônio João (3.612 t), Caarapó (3.300 t), Maracaju (2.640 t) e Ponta Porã (1.500 t).

Aumenta o número de municípios que cultivaram aveia

Outro cultivo que ganhou destaque em MS, foi a aveia, com aumento de sua produção em 1,5%. Em 2018 eram dez os municípios que realizavam o plantio de aveia, já em 2019 passaram a ser quatorze os municípios que possuíam área plantada com esse cultivo. A pesquisa não detalha todos os municípios com tal cultivo.

Dourados manteve a liderança com 10.000 toneladas produzidas, Campo Grande, apesar de cair uma posição (nono em 2018 para décimo em 2019) registrou aumento de 33,3%. Ainda conforme os dados, Amambai foi a novidade ao aparecer entre os dez maiores produtores em MS, com o 7º lugar (2.400 t). Além de Amambai, Porto Murtinho (120 t) e Naviraí (150 t) apareceram como novas cidades produtoras de aveia. A área plantada no estado foi de 40.210 hectares 0.210 hectares, acréscimo de 3,21%. Apesar disso, o valor da produção foi de R$ 16,4 milhões, o que corresponde a uma queda de 24,3%.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prefeito paraguaio diz que 'polícia encobre o autor de chacina
FRONTEIRA
Prefeito paraguaio diz que 'polícia encobre o autor de chacina
'LOREM IPSUM'
Governo Bolsonaro faz post sem conteúdo sobre mil dias de gestão
PMA recolhe filhotes de beija-flor que caíram com ninho durante ventania
MEIO AMBIENTE
PMA recolhe filhotes de beija-flor que caíram com ninho durante ventania
CORTE DE VERBA
Bolsonaro sanciona lei que retira mais de R$ 600 milhões da ciência
Prefeitura de Naviraí interdita ponte por conta de risco de desabamento
REGIÃO
Prefeitura de Naviraí interdita ponte por conta de risco de desabamento
CULTURA
Festival de dança valoriza a melhor idade e promove a confraternização
VIOLÊNCIA
Diretor-adjunto é condenado por estuprar criança de 10 anos em escola
DOURADOS
Incubadoras da UFGD selecionam propostas de novos empreendimentos
CAPITAL
Ao se negar entregar celular a ladrão, menina de 12 anos é esganada
VACINA
Saúde reduz intervalo da AstraZeneca de 12 para 8 semanas

Mais Lidas

DOURADOS
Polícia indicia três e recupera R$ 32 milhões de golpe milionário em empresa
FRONTEIRA
"Olheiro" de vítimas da chacina em Pedro Juan é preso
VIOLÊNCIA
Ataque na fronteira deixa um morto e dois feridos, entre eles vereador
CLIMA
Chuva e ventos fortes derrubam árvores em Dourados e causam estragos em posto da PRF