Menu
Busca segunda, 03 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

MS assina Protocolo de intenções da nova rota turística

19 dezembro 2003 - 12h28

Foi assinado ontem o protocolo de intenções da rota turística entre Paraná e Mato Grosso do Sul, que vai unir Foz do Iguaçu, Bonito e Pantanal sul-mato-grossense, denominada Brasil-Ecológico. A solenidade, que aconteceu no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, contou com presença de representantes da Secretaria de Produção e Turismo, Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, Secretaria Municipal de Turismo de Foz do Iguaçu, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-MS) e Sebrae-Paraná, além do trade envolvido.A partir deste protocolo é que será firmado o convênio para a operacionalização da rota entre os parceiros de ambos os estados. Assim, à partir do ano que vem, turistas de países do Mercosul como Argentina e Uruguai, além do Chile, terão acesso a este pacote turístico, que vai reunir os três destinos mais disputados do ecoturismo nacional.No evento de ontem, o secretario municipal de Turismo de Foz do Iguaçu, Neuso Rafagnin, enfatizou a importância de unir estes três destinos. “Estes produtos são altamente procurados por turistas do mundo todo. Nossa maior satisfação é que agora, agregando estes destinos essencialmente ecológicos, estaremos oferecendo um produto único e direcionado especialmente para os que preferem curtir a natureza e as belezas que existem no Brasil”, afirmou Rafagnin.Para o diretor comercial da Cataratas Brasil S.A, concessionária que administra a visitação no Parque Nacional do Iguaçu, Adélio Demeterco, as cataratas servirão como um portão de entrada para os turistas, principalmente estrangeiros. Conseqüentemente vai aumentar também o tempo de permanência desse público que prefere destinos ecológicos.O secretario municipal de Turismo de Bonito, Valdemir Martins, disse que a parceria também irá beneficiar a comunidade local “visto que vai aumentar a demanda de turistas e com isso atrair mais empresas e gerar empregos. Além disso, os profissionais que já atuam na área terão que se preparar para receber cada vez mais visitantes”.Os empresários também estão bastante otimistas com a nova rota. De acordo com Juca Ygarapé, de Bonito, “esse rota será muito produtiva para o turismo da região, já que Foz do Iguaçu é a porta de entrada dos turistas de vários paises da América do Sul. Com isso fortalecerá também a prática do ecoturismo no Brasil”.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

COXIM
PRF apreende mais de 100 kg de maconha em carro com três crianças
EMPREGO
UEMS abre inscrições para a seleção de professores temporários
CAPITAL
Em surto, jovem mantém tia e mãe em cárcere e diz poderia haver mortes
EDUCAÇÃO
Começam nesta segunda-feira as aulas de forma remota na UFGD
AVANÇO DA COVID-19
Brasil se aproxima de 95 mil mortes por Covid, com média de 995 por dia
CAMPO GRANDE
Guarda patrimonial é preso por dirigir embriagado dentro do Detran
MEIO AMBIENTE
Paulista é autuada em R$ 116 mil por desmatamento para pastagem
PANDEMIA
Idosa morre em Aquidauana por Covid-19 e óbitos chegam a 15
COMÉRCIO EXTERIOR
Balança comercial tem superávit recorde de US$ 8,06 bilhões em julho
CAPITAL
Polícia apreende quase 4 toneladas de maconha que seguiria para o RJ

Mais Lidas

ACIDENTE
Motociclista perde controle da moto e invade estabelecimento na Marcelino Pires
ACIDENTE
Jovem é atropelado em Dourados e motorista foge do local sem prestar socorro
TRÁFICO DE DROGAS
Força Aérea persegue pilotos que sobrevoavam MS com mais de 1 t de cocaína
DOURADOS
Quatro pessoas são presas acusadas de fazerem parte de facção criminosa