Menu
Busca quinta, 29 de julho de 2021
(67) 99257-3397

MPE pede a cassação de Laerte Tetila por compra de votos

29 novembro 2004 - 13h31

O MPE (Ministério Público Estadual) entrou com ação na Justiça contra o prefeito-reeleito de Dourados, Laerte Tetila (PT), pedindo a cassação da candidatura por captação de sufrágio ou compra de votos. A informação é do promotor de Justiça João Albino Cardoso Filho, autor da representação apresentada a Justiça Eleitoral da cidade no último dia 11 de novembro. O pedido de cassação está baseado em um flagrante feito pela Polícia Federal, a pedido da Justiça Eleitoral, em um posto de gasolina. O dono do posto chegou a ser preso pelos policiais. Além disso, segundo o promotor, três eleitores foram abordados com requisições de combustível, entregues em nome do candidato. O material foi apreendido.  No processo, o MPE demonstra que o valor abastecido era debitado na conta do secretário de governo de Dourados, Ermínio Guedes, que chegou a totalizar cerca de 10 mil litros de combústivel. “Essas provas tem que ser reproduzidos em juízo. O delegado e os policiais tem que repetir o depoimento”, informou o promotor, a respeito dos próximos passos da ação na Justiça. O processo está tramitando na 18ª Zona Eleitoral. Tetila já foi inocentado pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral), no dia 16 de outubro, em um outro processo que pedia a cassação do mandato por propaganda eleitoral irregular. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Corpo de homem sequestrado em Ponta Porã é encontrado esquartejado
FRONTEIRA
Corpo de homem sequestrado em Ponta Porã é encontrado esquartejado
BRASIL
Após reação do STF, Bolsonaro defende ações do governo na pandemia
Tatuagem ajudou identificar vítima fatal de acidente entre carro e carreta
ÁGUA CLARA
Tatuagem ajudou identificar vítima fatal de acidente entre carro e carreta
EMPREGO
Governo convoca candidatos aprovados em quatro processos seletivos
Veículo é apreendido na BR-158 com 300 celulares e outros contrabandos
APARECIDA DO TABOADO
Veículo é apreendido na BR-158 com 300 celulares e outros contrabandos
MÚSICO PRESO
Gilmar Mendes rejeita liberdade para DJ Ivis, indiciado por agredir a ex
Oito pessoas da mesma família são presas em operação contra o PCC
ASTRONOMIA
Chuvas de meteoros podem ser avistadas nas próximas madrugadas
AQUIDAUANA
Caçadores são presos e multados por caça e abate de porcos silvestres 
ELEIÇÕES
Discurso de fraude é de quem não aceita a democracia, diz ministro do STF

Mais Lidas

DOURADOS
Acidente no Centro deixa motociclista com fratura na perna e motorista foge
DOURADOS
Drogas e submetralhadora são apreendidos no Idelfonso Pedroso
FRONTEIRA
Casal é executado por "justiceiros" enquanto comemorava aniversário
DOURADOS
Justiça converte em preventiva prisão de jovem que matou adolescente atropelado