Menu
Busca sexta, 03 de abril de 2020
(67) 9860-3221

MPE investiga fraude na Câmara de Água Clara

29 janeiro 2004 - 13h33

O MPE (Ministério Público Estadual) está investigando denúncias de desvios de verbas praticados por vereadores do município de Água Clara, Pelo menos cinco parlamentares estariam envolvidos no caso. Na edição de hoje do Diário da Justiça, a Promotoria Pública da comarca local publica o edital de abertura do inquérito civil com objetivo de apurar as denúncias. O promotor responsável pelos trabalhos, Ricardo de Melo Alves, estabeleceu prazo de 90 dias para que tudo seja averiguado. As informações que chegaram ao MPE, referentes a 2001, apontam que os parlamentares estariam simulando viagens para receber os valores das diárias. “O que temos até agora são apenas indícios. Como também se trata de um ano eleitoral, vamos tomar todos os cuidados para que ninguém saia prejudicado, parlamentares ou a comunidade”, aponta o promotor. Os vereadores citados no inquérito civil público são Aparecido Martins Silva, Izaías Rodrigues, Pedro Nogueira de Jesus, todos do PTB, e Valdeir Pedro de Carvalho (PDT). Alves já ouviu alguns parlamentares e outros estão sendo convocados a dar explicações sobre as denúncias. A administração a Câmara, que é presidida pelo pedetista Vicente Amaro de Souza Neto, já encaminhou documentos solicitados pela Promotoria em relação às viagens feitas pelos parlamentares ao longo de 2001. Por enquanto, é cedo para adiantar alguma coisa, segundo Melo. Ele espera concluir as investigações, que começaram em 2001, dentro do prazo estipulado no inquérito civil.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Idoso de 60 anos pode ser a primeira morte por coronavírus em Três Lagoas
INFORMAIS
Lei que cria auxílio de R$ 600 é publicada no 'Diário Oficial da União'
SIDROLÂNDIA
Bandidos invadem escola, furtam botijões de gás e alimentos
IMUNIZAÇÃO
Caminhoneiros serão incluídos na campanha de vacinação contra gripe
JUSTIÇA
Pedido de exoneração feita por servidor incapaz é considerado nulo
CONVOCAÇÃO
Governo fará cadastro não obrigatório de profissionais de saúde para o SUS
CAMPO GRANDE
Justiça mantém prisão de suspeito de furtar várias vezes mesmo atacadista
BANCO DO BRASIL
Servidores estaduais podem renovar empréstimos consignados com carência
PROCURADO
Identificado chefe de quadrilha que cavou túnel para roubar banco na Capital
LEÃO
Mais de 9,1 milhões de contribuintes entregaram declaração do IR

Mais Lidas

REGIÃO
Ex-assessor de Mandetta é encontrado morto em apartamento na Capital
COVID-19
Primeiro óbito por coronavírus do Estado é registrado em Dourados
NOVA ANDRADINA
Hospital confirma três profissionais com coronavírus em unidade que atendeu idosa
BOLETIM DA SES
Dourados registra mais um caso de coronavírus e MS tem 51 confirmações