Menu
Busca quinta, 29 de julho de 2021
(67) 99257-3397

MP diz que erro médico matou Cássia Eller

26 outubro 2004 - 14h16

Quase três anos depois, a morte da cantora Cássia Eller começa a ter suas causas reveladas. O resultado da perícia realizada pela equipe do Ministério Público Estadual aponta que a cantora morreu por causa de um erro médico. Segundo o MP, o atendimento dado a Cássia foi, no mínimo, contra-indicado para tratar qualquer paciente que pudesse ter tido feito eventual uso de álcool ou de outra droga.O MP descobriu que os médicos da Casa de Saúde Santa Maria, em Laranjeiras, trataram Cássia com o medicamento Plasil, o que pode ter provocado uma parada cardíaca fatal.Os médicos responsáveis pelo atendimento à cantora podem ser indiciados por crime de homicídio culposo. Se condenados, podem pegar até três anos de prisão. Cássia morreu no dia 29 de dezembro de 2001.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDRO JUAN
Mulher fica gravemente ferida ao ser atacada a facadas pelo ex-namorado
POLÍTICA
STF reage e diz que uma mentira contada mil vezes não vira verdade
GERAL
Novo golpe do cartão filma seus dados durante entrega de aplicativo
PRONUNCIAMENTO
Ministro pede que brasileiros tomem a segunda dose da vacina
Tranquila sob árvore, babá é atingida por veículo desgovernado
Tranquila sob árvore, babá é atingida por veículo desgovernado
VACINA
Saúde vai fazer estudo para avaliar eficácia da 3ª dose da CoronaVac
CAPITAL
Dupla furta mais de 30 vestidos e ateliê estima prejuízo de R$ 40 mil
BRASIL
Bolsonaro sanciona programa de combate à violência contra a mulher
TRÁFICO
Com foto de Pablo Escobar na parede, traficante é preso no Paraguai
DOURADOS
Ação conjunta realiza trabalho de Marco de Concreto na Usina Velha

Mais Lidas

DOURADOS
Acidente no Centro deixa motociclista com fratura na perna e motorista foge
DOURADOS
Drogas e submetralhadora são apreendidos no Idelfonso Pedroso
FRONTEIRA
Casal é executado por "justiceiros" enquanto comemorava aniversário
DOURADOS
Justiça converte em preventiva prisão de jovem que matou adolescente atropelado