Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Mostra de Tecnologias da Embrapa aproxima pesquisa e assistência

05 março 2010 - 17h15

Interação foi a palavra-chave da Mostra de tecnologias promovida pela /Embrapa Agropecuária Oeste de Dourados,na última quarta-feira. Na ocasião, representantes da Assistência Técnica e Extensão Rural da Grande Dourados tiveram a oportunidade de tirar dúvidas e compartilhar experiências com pesquisadores e técnicos da Empresa.

A Mostra incluiu visita ao campo experimental da Embrapa e palestras sobre “Adubos verdes”, “Integração Lavoura-Pecuária”, “Tecnologias para as culturas de soja e de milho”, “Consórcio de milho com braquiária” e “Espécies de forrageiras”. Também foram esclarecidas algumas dúvidas sobre doenças da soja.

Em relação a adubos verdes, o pesquisador Milton Padovan destacou as pesquisas que a Embrapa tem para identificar a melhor época de manejo para os adubos verdes de primavera/verão, além dos estudos para avaliar os efeitos do adubo verde em culturas como feijão comum, feijão caupi, milho e mandioca.

Na palestra sobre Integração Lavoura-Pecuária (ILP), o pesquisador Julio Salton mostrou as vantagens do sistema tanto do ponto de vista econômico quanto agronômico. Ele destacou, ainda, que a ILP auxilia na redução dos custos de produção, no aumento da eficiência dos insumos utilizados, melhora a qualidade do solo e aumenta a chance de produzir mais com o mesmo valor investido.

Os técnicos também viram uma estação com a “evolução histórica da soja” e receberam informações sobre cultivares e épocas de semeadura. No local, o técnico Euclides Maranho falou ainda sobre as linhagens ranqueadas para os próximos lançamentos de cultivares de soja da Embrapa.

Sobre o Consórcio de milho com braquiária, o engenheiro agrônomo Gessi Ceccon abordou o potencial de aumentar os benefícios do consórcio para racionalizar custos com o ajuste na população de plantas de braquiária, visando diminuir a competição com o milho.

A Mostra foi finalizada com uma discussão sobre espécies de forrageiras, na qual o pesquisador Luiz Armando Zago Machado explicou as características e vantagens dos gêneros /Panicum/ e braquiária para a estruturação do solo e produção da soja.

E a resposta dos técnicos ao evento foi positiva. “Excelente que em Dourados possamos contar novamente com instruções mais aprofundadas tecnicamente”, elogiou o presidente da Associação de Engenheiros Agrônomos da Grande Dourados, Bruno Tomasini.

“Foi interessante essa interação dos pesquisadores com a assistência técnica e a oportunidade de vermos de perto os resultados da pesquisa da Embrapa mostrando as oportunidades para a diversificação de cultivos”, considerou o gerente regional da Agraer, Gilberto Silva de Macedo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÁFICO
Maconha e skunk são apreendidos durante tentativa de fuga
BRASIL
Bolsonaro visita presidente do STF no hospital
EM 24H
De terça para quarta, Dourados internou um paciente por coronavírus a cada 4h40
CONTRABANDO
Mais de 700 celulares que seriam levados ao MT são apreendidos
DOURADOS
Porta-voz da prefeita diz que decretos têm base técnica após crítica do empresariado
DOURADOS
Em nova ação, BPW entrega aventais e máscaras para trabalhadores da saúde
PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
ECONOMIA
Agronegócio sul-mato-grossense vendeu 87% da soja e 37% do milho
TRÁFICO
Polícia apreende mais de meia tonelada de maconha durante barreira sanitária
PANDEMIA
Com crescimento no número de casos de coronavírus, Dourados inicia barreira sanitária

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher