quinta, 25 de abril de 2024
Dourados
22ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Mortes no campo bate recorde em 2003

06 setembro 2003 - 10h43

Na mesma semana em que Rolf Hackbart tomou posse como presidente do Incra, o número de pessoas assassinadas em conflitos fundiários neste ano (22) superou o total registrado em todo o ano passado (20), avançou em 120% sobre o total de 2000 (10) e ultrapassou em 57% o de 2001 (14).De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Agrário, que leva em conta dados colhidos pela Ouvidoria Agrária Nacional, houve 20 mortes de janeiro a agosto deste ano. Adicionando as mortes de dois sem-terra no interior do Paraná, baleados por seguranças de uma fazenda durante uma invasão, chega-se ao total de 22."A Ouvidoria Agrária Nacional, ao lado do ministério [do Desenvolvimento Agrário] e do Incra, está buscando diminuir a tensão agrária com o avanço do diálogo. Os números atuais podem ser altos se comparados com os do ano passado. Mas são baixos diante de outros anos", disse a ouvidora agrária nacional substituta, Maria de Oliveira, 52 anos. Segundo ela, a violência no campo somente será reduzida com a ação federal diante das milícias armadas.O avanço registrado nos números do ministério também aparece na quantificação da CPT (Comissão Pastoral da Terra). Segundo o braço agrário da Igreja Católica, entre janeiro e agosto deste ano foram 44 assassinatos -superando os dados colhidos no mesmo período desde 1998.CPT e ministério têm metodologias diferentes. O governo só considera os casos nos quais exista um boletim de ocorrência que aponte conflito agrário como motivação da morte. Já a CPT, além dos dados policiais, recolhe informações de agentes da Pastoral nos Estados, de movimentos sociais e da imprensa. Ao final deste ano, se mantida a média mensal, os dados da CPT devem superar todos os registros desde 1991.Entre janeiro e agosto deste ano, ocorreram 184 invasões, segundo o ministério. A quantidade supera o total registrado de janeiro a dezembro de 2001 e 2002, com 158 e 103 casos, respectivamente. Em 2000, ocorreram 236 invasões. Altos diante de 2001 e 2002, os números de invasões deste ano estão baixos comparados com o total registrado em 1998 (446), 1999 (502) e 2000 (236).  

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA

Vacina tetravalente contra a gripe do Butantan terá verbas do BNDES

SAÚDE

Unidade Móvel do Hospital de Amor está em Coronel Sapucaia nesta semana

PESQUISA

A cada 8 minutos, uma mulher é vítima de estupro no país

Marcio Pudim pede obras de asfalto, tubulação e quebra-molas em distritos
CÂMARA DE DOURADOS

Marcio Pudim pede obras de asfalto, tubulação e quebra-molas em distritos

COMUNICAÇÃO

EBC passará a ter Comitê Editorial e de Programação

UEMS

Reclassificados em seleção por histórico escolar são convocados para matrícula

LEVANTAMENTO

Brasil registra déficit habitacional de 6 milhões de domicílios

UNIVERSIDADE

Sustentabilidade é foco da 15ª Jornada Acadêmica de Arquitetura e Urbanismo

REPRESENTATIVIDADE

Cresce número de pré-candidatos LGBTI+ nas eleições municipais

LEGISLATIVO

Abril Verde: Câmara promove palestra sobre assédio moral e sexual no trabalho

Mais Lidas

COLISÃO

Mãe e criança morrem após colisão de caminhonete e carro na BR-163

SENAR

Do Japão para Mato Grosso do Sul: filha assume legado do pai e se tornou pecuarista

DOURADOS 

Jovem é encontrado morto no Parque Antenor Martins

DOURADOS

Concurso "Miss e Mister Indígena" acontece no próximo sábado na Jaguapiru