Menu
Busca terça, 20 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Mortes em motel: Exumação descartada e laudo concluído

02 setembro 2005 - 08h31

Não será necessária a exumação do corpo de Murilo Alcalde, 22, encontrado morto num motel de Campo Grande no dia 21 de junho com Eliane Ortiz, 22. A informação apurada pelo Campo Grande News é baseada em dados da perícia. “Foi feita uma consulta se seria necessária a exumação. Como todos os exames foram feitos, isso foi descartado”, disse uma fonte que prefere não se identificar. O laudo já foi concluído, porém como o caso corre sob sigilo policial ainda não foi divulgado. O último exame, o toxicológico, que deveria apontar a causa da morte de Alcalde ficou pronto há poucos dias e teria demorado por conta de um problema com a multinacional Abbott, importadora do reagente utilizado no teste. A empresa teria deixado de comprar o reagente e o exame precisou ser feito num laboratório particular sob supervisão de um perito do Instituto de Criminalística. A substância química já estaria sendo providenciada pra futuros exames toxicológicos, um compromisso da fornecedora Abbott. O MPE (Ministério Público Estadual) informou na semana passada que a exumação seria feita nesta semana. O corpo de Eliane Ortiz também seria submetido ao exame detalhado, mas dependeria de uma autorização da Justiça paranaense. Ela foi sepultada em Marechal Cândido Rondom (PR). Sob sigilo - Policiais civis e militares já foram investigados, pois o MPE (Ministério Público Estadual) recebeu informações de que não foi preservado o local onde os corpos foram encontrados. Muitas pessoas, amigos dos jovens, também foram ouvidos pela Delegacia de Homicídios. Alguns chegaram a ser fotografados e submetidos a exame de DNA, mas nada ficou comprovado até o momento. Outros erros apontados foram a liberação do carro de Murilo e o celular de Eliane para as famílias antes mesmo de perícia. Na garagem próxima ao quarto onde estavam os corpos foi encontrado sangue que não era de nenhuma das vítimas. Eliane foi morta por sufocamento. Foi encontrada de bruços, nua sobre a cama. Já Murilo estava no chão do quarto do motel. A necropsia apontou que ele não teria morrido asfixiado, porém não na posição em que foi encontrado: nu de bruços ao lado da cama. O laudo pericial foi apontado pela Polícia Civil como fundamental para esclarecer como o jovem morreu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homens pularam muro e furtam botijão de gás e churrasqueira de escritório
DOURADOS
Homens pularam muro e furtam botijão de gás e churrasqueira de escritório
Vacinados contra Covid-19 em Dourados somam 43 mil
IMUNIZAÇÃO
Vacinados contra Covid-19 em Dourados somam 43 mil
Policiais recebem elogio do governador por ação que deixou sequestradores mortos há cinco anos
DOURADOS
Policiais recebem elogio do governador por ação que deixou sequestradores mortos há cinco anos
Essence Care tem manicure diferenciada com menor risco de cortes e cor perfeita; conheça aqui
BELEZA & ESTÉTICA
Essence Care tem manicure diferenciada com menor risco de cortes e cor perfeita; conheça aqui
Loja de artigos militares é furtada durante a madrugada
DOURADOS
Loja de artigos militares é furtada durante a madrugada
DOURADOS
Homem denuncia quarto furto em construção em menos de um mês
OPORTUNIDADE
Leilão do Detran/MS com 260 veículos sucatas será aberto nesta terça-feira
CAARAPÓ
Onça é resgatada após ser atropelada em rodovia
LEGISLATIVO DE MS
Deputados devem votar quatro propostas na Ordem do Dia desta terça-feira
INFORME PUBLICITÁRIO
Linha spa corporal da Mahogany é perfeita para limpeza e revitalização

Mais Lidas

ASSALTO
Mulher tem carro roubado ao parar no semáforo em Dourados
POLÍCIA
Irmãos morrem após serem atropelados por caminhonete em rodovia
LOTERIAS
Mega-Sena premia uma aposta com R$ 40 milhões e 11 douradenses acertam a Quadra
DOURADOS/ITAPORÃ
Produtor rural morto em acidente na MS-156 voltava de aniversário em pesqueiro