Menu
Busca sexta, 14 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

Morte do pai de Euller adia acordo com Fluminense

26 dezembro 2003 - 14h31

O pai do atacante Euller morreu na madrugada desta sexta-feira, em Minas Gerais, e isso deverá dificultar o acerto com o Fluminense, conforme estava previsto. O procurador do atleta, o ex-jogador Alemão, disse que ainda é possível um acordo nesta sexta-feira, mas o empresário Celso Barros, presidente da Unimed, patrocinadora do clube carioca, e que está à frente da transação, disse que a negociação deverá realmente ser adiada. "Realmente este lamentável fato da morte do pai do Euller acabou impedindo que a gente chegasse a uma definição nesta sexta-feira. Infelizmente a coisa acabou não se concretizando. Porém deixamos tudo muito bem encaminhado na reunião que tivemos na terça-feira passada e acho que estamos apenas por pequenos detalhes",

Deixe seu Comentário

Leia Também

COMITIVA
Temer se encontra primeiro-ministro interino do Líbano
COTAÇÃO
Dólar sobe e fecha acima de R$ 5,40 nesta sexta
SAÚDE
Leishmaniose fez três vítimas fatais e infectou 44 pessoas em MS neste ano
BOCAIÚVA
Operação mobiliza mais de 30 policiais contra o tráfico de papagaios em MS
EUROPA
Flamengo confirma saída de lateral Rafinha
DOURADOS
Jovens são detidos por algazarra em praça pública durante a madrugada
SAÚDE & BEM - ESTAR
A importância de manter seu plano de saúde neste momento
BANDEIRA LARANJA
Dourados segue com grau de risco médio em mapa estadual da Covid
TRÁFICO
Polícia apreende 1,5t de maconha durante ações nas BR's de MS
PANDEMIA
Mais de 60% dos municípios de MS declararam situação de calamidade pública

Mais Lidas

DOURADOS
Preso no Ipê Roxo era investigado desde fevereiro por estupro do sobrinho
VIDA NOTURNA
“Estão passando fome”: profissionais do sexo sofrem com a pandemia em Dourados
DOURADOS
Com gritos de "pega ladrão", grupo é flagrado furtando carro no Jardim Paulista
DOURADOS
Decreto deve autorizar volta de cursos profissionalizantes e atividades práticas de universidades