Menu
Busca sexta, 16 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Moderado e ultraconservador vão disputar segundo turno no Irã

18 junho 2005 - 16h13

O candidato moderado Hashemi Rafsandjani, 70, em primeiro lugar, e o ultraconservador Mahmud Ahmadinejad, em segundo, passaram neste sábado para o segundo turno das eleições presidenciais iranianas, de acordo com números oficiais divulgados pelo Ministério do Interior.O ex-presidente Rafsandjani governou o país entre 1979 e 1987. Seu adversário, por sua vez, foi prefeito da capital Teerã. Ele disputou de perto o lugar no segundo turno com o religioso moderado Mehdi Karubi.Coma perda da vaga, Karubi acusou os ultraconservadores de cometer "fraudes". "Houve interferências raras. Vi passar dinheiro de uma mão para outra", declarou o ex-presidente do Parlamento à imprensa. "Podem me processar se quiserem. Darei todos os nomes das pessoas em minha defesa", afirmou. Ele anunciou também que pedirá ao "Guia Supremo", o aiatolá Ali Kamenei, que abra uma investigação sobre o Conselho de Guardiães, um órgão conservador que supervisiona as eleições, assim como sobre o Ministério do Interior, os Guardas da Revolução e as milícias islamitas.PleitoO segundo turno das eleições presidenciais iranianas será realizado na próxima sexta-feira, dia 24. As eleições presidenciais no Irã representaram uma grande rejeição à campanha pelo boicote liderada por alguns reformistas, que acreditam que a situação do país não pode ser mudada nas urnas. Segundo números oficiais, 68% da população votaram.Candidatos reformistas venceram as três últimas eleições presidenciais, realizadas em 1989, 1997 e 2001. Mohammad Khatami, que ganhou os dois últimos pleitos, sofreu com as tentativas frustradas de mudança, sempre bloqueadas pelos parlamentares conservadores. No entanto, a maior parte da população aderiu à votação. Filas de eleitores forçaram o prolongamento do pleito por quatro horas além do previsto. As eleições deveriam terminar às 19h [11h30 de Brasília], mas se estenderam até as 23h [15h30 de Brasília].Os postos de votação foram abertos às 9h (1h30 de Brasília), e cerca de 47 milhões de eleitores a maioria homens jovens estavam aptos à votar. Mais de 41 mil postos de votação foram abertos no Irã e 254 em outros países incluindo três no Iraque e 36 nos Estados Unidos. Aproximadamente 3 milhões de iranianos vivem fora de seu país e mais de um terço deles está nos EUA.Cerca de uma hora após o fechamento dos postos de votação, o porta-voz do Ministério do Interior, Johanbakhsh anunciou que, em algumas províncias, mais de 80% da população foi às urnas. Em outros locais, a participação variou entre 65% e 85%.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Variante P1 já é predominante nos casos de coronavírus em MS
PANDEMIA
Variante P1 já é predominante nos casos de coronavírus em MS
Desconhecido estoura cadeado e fechadura para furtar restaurante em Dourados
POLÍCIA
Desconhecido estoura cadeado e fechadura para furtar restaurante em Dourados
Governo atende deputado Marçal e suspende cobrança do ICMS de bares e restaurantes
PANDEMIA
Governo atende deputado Marçal e suspende cobrança do ICMS de bares e restaurantes
Carga com 25 mil maços de cigarros contrabandeados é apreendida na BR-419
NIOAQUE
Carga com 25 mil maços de cigarros contrabandeados é apreendida na BR-419
Previsão indica que estiagem pode acabar hoje em Dourados
CLIMA
Previsão indica que estiagem pode acabar hoje em Dourados
EDUCAÇÃO
Unidades educacionais tem espaço ideal para divulgar serviços no caderno "Educação" do Dourados News
CONTRABANDO
Polícia apreende comboio com quase 7 mil pacotes de cigarros do Paraguai
POLÍCIA
Sem câmeras, prefeitura avalia instalação de equipamentos após invasão e furto
TRÁFICO DE DROGAS
Veículo é apreendido com mais de 270 kg de drogas na BR-463
DOURADOS
Projeto da UFGD esclarece dúvidas sobre declaração de Imposto de Renda

Mais Lidas

DOURADOS
Veículo usado para transportar corpo de colombiano passará por perícia
CRIME AMBIENTAL
Goiano preso com minhocas terá que pagar multa de quase meio milhão de reais
AMEAÇA DE EXTINÇÃO
Após passar por MS, homem é preso com mudas raras que seriam vendidas na Bolívia
DOURADOS
Funsaud oficializa saída de diretor médico da UPA após denúncia de escala sem plantonista