Menu
Busca sexta, 03 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Ministro: ninguém está acima da lei sobre conflito em Japorã

21 janeiro 2004 - 16h40

O ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, disse hoje que a maioria dos índios em Mato Grosso do Sul já desocupou a área invadida, conforme determinação da Justiça. Ele garantiu que o “estado de direito será mantido a todo custo”. Referindo-se à ocupação de 14 fazendas invadidas pelos índios em Mato Grosso do Sul, Bastos observou que, no Brasil, ninguém “está acima da lei ou fora da lei”.Quanto à segurança pública no país, Márcio Thomaz Bastos informou que, no primeiro ano do Governo Lula, instituiu-se o sistema único de segurança pública, que foi aceito por todos os Estados da federação, que inclusive já assinaram convênios com o o Ministério da Justiça. O ministro acrescentou que o governo está trabalhando para instalar gabinetes de gestão de segurança integrada - o primeiro, instalado na região Sudeste, abrange Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo. Os próximos serão instalados nas regiões Norte, Sul e Nordeste.Thomaz Bastos reconheceu que, em matéria de segurança pública, o governo não tem condições de resolver os problemas “da noite para o dia”, mas ressaltou que o Executivo está criando mecanismos de aperfeiçoamento das informações. Segundo Bastos, os primeiros sintomas deste trabalho são as operações que a Polícia Federal tem feito em todo o país: “é um trabalho contra a corrupção que acaba, indiretamente, ajudando no combate pela segurança pública”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Toffoli defende saída “diagonal” para isolamento por novo coronavírus
DOURADOS
Délia segue ideia de Bolsonaro e convoca população a jejuar e orar contra o coronavírus
TRIBUTO
Detran-MS altera calendário de licenciamento de 2020
DOURADOS
Com 1º caso completando uma semana, Comitê ainda não faz projeção de infectados pelo coronavírus
VOTAÇÃO ELETRÔNICA
MPE define lista tríplice para o cargo de procurador-geral nesta sexta-feira
CUIDADOS
MP Eleitoral fiscaliza uso abusivo de ações contra covid-19 nas eleições municipais no Estado
IMUNIZAÇÃO
Ministério da Saúde altera os grupos alvos nas fases de vacinação contra a Influenza
REPATRIADOS
Vindos da Bolívia, 150 brasileiros começam a chegar em Corumbá
GESTÃO DO COVID-19
Bolsonaro é aprovado por 33% e Ministério da Saúde por 76%, diz Datafolha
NAVIRAÍ
Ação conjunta entre PM e PF tem 2 mil pacotes de cigarros apreendidos

Mais Lidas

NOVA ANDRADINA
Hospital confirma três profissionais com coronavírus em unidade que atendeu idosa
CRIME AMBIENTAL
Pescador é flagrado com barco, motor de popa e petrecho de pesca
COVID-19
Familiares de casal que testou positivo para coronavírus em Dourados são monitorados
BOLETIM DA SES
Dourados registra mais um caso de coronavírus e MS tem 51 confirmações