Menu
Busca terça, 26 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
DOURADOS

Com produtos sem procedência, preso com aves responderá por receptação

11 fevereiro 2016 - 17h20

O SIG (Serviço de Investigações Gerais) da Polícia Civil encontrou centenas de objetos que podem ter sido alvos de furto ou roubo em Dourados, no imóvel em que fica a casa e a mercearia de Manoel Ferreira Silva, 45, preso na manhã desta quinta-feira (11), no bairro Jardim Canaã I, [relembre aqui]( http://www.douradosnews.com.br/noticias/alvo-de-investigacao-homem-e-preso-com-aves-armas-e-objetos-roubados). Além de criar aves ilegalmente, ele ainda possuía vários itens que vão desde celulares até sanduicheiras.

A suspeita da polícia é de que o homem comprava esses produtos que haviam sido furtados ou roubados na cidade, para realizar a revenda. Só em aparelhos celulares foram pelo menos 30 encontrados no local, além de seis sanduicheiras, dezenas de relógios, violão, guitarra, vários secadores e chapinhas de cabelo, máquinas para cortar piso, entre outros.

O Serviço chegou à casa de Manoel justamente através de um dos celulares que estavam lá. Investigando os assaltos que ocorreram em Dourados, os policiais descobriram que um dos aparelhos estava nesse endereço. Chegando lá, encontraram a diversidade de objetivos que também podem ter sido roubados.

Além disso, Manoel estava com duas armas de fogo, sendo uma espingarda e um revólver calibre 38, e várias munições. Ele ainda possuía 74 aves de várias espécies. Ao encontrar os animais, o SIG acionou a PMA (Polícia Militar Ambiental). Tudo foi apreendido pelos policiais, tanto as aves quanto os objetos, armas e também uma grande quantidade de dinheiro, estando a maior parte em moedas.

Conforme o Boletim de Ocorrência, o acusado disse que comprou o aparelho de telefone celular. Com relação às aves ele contou que gosta e por conta disso faz a criação, mas que não captura as espécies e que não as vende.

Manoel foi preso em flagrante e vai responder por receptação (devido a suspeita de compra de objetos roubados ou furtados), porte ilegal de arma de fogo e munição, além do crime ambiental pela criação de aves. A multa fixada a ele foi de R$ 71 mil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Covid-19: 669 mil doses de vacina são distribuídas hoje, diz Saúde
IMUNIZAÇÃO
Covid-19: 669 mil doses de vacina são distribuídas hoje, diz Saúde
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Projeto institui política de incentivo ao turismo rural
ESPORTE
Decisão do título da Série B fica em aberto, após tropeço da Chape
IMUNIZAÇÃO
Anvisa envia ao STF informações sobre uso emergencial da Sputnik V
VERBA
No primeiro ano do Nota MS Premiada, repasses a municípios cresceram 10%
ECONOMIA
Falta de insumos atinge metade das indústrias da construção, diz CNI
ECONOMIA
Estados arrecadaram 2,14% a mais em 2020, diz ministério
ZONA RURAL
Durante temporal, 17 cabeças de gado morrem eletrocutadas em cidade de MS
REGIÃO
Secretaria estuda reativação da escola agrícola em assentamento de Rio Brilhante
CULTURA
Cantora de Dourados lança novo clipe em plataformas digitais 

Mais Lidas

DOURADOS
Motorista envolvido em acidente fatal relata bebida ao depor e é liberado 
ACIDENTES
Trânsito de Dourados faz terceira vítima fatal no ano, todas motociclistas
CRIME
Vizinhança flagra suspeito pulando muro e evita furto em Dourados
BR-276
Carreta com quase dez toneladas de maconha é apreendida em Dourados