Menu
Busca domingo, 16 de maio de 2021
(67) 99257-3397

MERCADO DE TRABALHO E CIDADANIA NA ESCOLA VIEGAS

17 março 2011 - 11h26

Eu, amigo leitor, me incluo entre àqueles que concebem a escola como um espaço de apropriação e produção do saber, lazer, cultura e cidadania, etc., historicamente e socialmente produzidos, subordinados aos imperativos da sociedade, isto é, o atendimento de suas necessidades materiais, sociais e culturais.
 
Evidentemente, este papel que penso que deve ser desempenhado pela escola, visa a dois objetivos: a) integrar o indivíduo à sociedade e contribuir para que ele exerça a sua condição de cidadão individualmente e coletivamente com o intuito de transformar para melhor a mesma.
Neste ponto, aproveito para refletir um pouco sobre o processo ensino-aprendizagem realizado na Escola Viegas.
Esta escola, em minha opinião, está acumulando muitos acertos, e, neste artigo vou me ater apenas um deles, qual seja, o fato de muitos alunos que estudaram ou estudam nela, estarem conseguindo empregos em várias empresas da cidade. Dito em outras palavras: estamos conseguindo encaminhar os nossos alunos no mercado de trabalho.
Tenho ido com freqüência aos supermercados e empresas da cidade, e em especial, as situadas na região onde está localizada a Escola Viegas (Jardim Ouro Verde). Como exemplo, citarei o Supermercado Pérola, o Atacadão, o Sacolão Oshiro, nos quais encontrei diversos alunos da Escola Viegas trabalhando.
Diante deste fato, a minha constatação é óbvia: a credibilidade e o conceito desfrutado pela Escola junto ao comércio são bons, caso contrário, os nossos alunos não teriam a acolhida que tem nos estabelecimentos comerciais; revela também que as empresas são parceiras de primeira hora da nossa Escola, as quais estão com esta atitude, contribuindo enormemente para o sucesso do trabalho pedagógico desenvolvido pelo Viegas.
Não raro, os diretores e proprietários destas empresas procuram a direção da Escola Viegas para que indiquem alunos que tenham interesse em trabalhar nas mesmas.
Para a comunidade escolar da Escola Viegas, duas constatações resultam óbvias: a) a Escola está oferecendo um ensino de boa qualidade; e b) a responsabilidade que pesa sobre os ombros da referida comunidade aumenta, haja vista, precisar melhorar ainda mais o trabalho pedagógico desenvolvido pela mesma.
Em face do exposto, os pais, os alunos, os professores, a coordenação, a direção e os funcionários administrativos devem dar grande atenção ao Projeto de Intervenção (PI) na Escola, adotado pela Secretaria Estadual de Educação, o qual, no entanto, pode receber uma remodelagem ou adequação de cada escola da rede, colocá-lo em sintonia com a realidade de cada uma delas – na Escola Viegas, já introduzimos algumas adequações.
O Programa de Intervenção orienta os seus esforços visando incorporar à família e o aluno na desafiadora meta da escola, qual seja, a de oferecer simultaneamente um ensino de qualidade e promotor da cidadania, com elevados índices de aprovação e reduzir significativamente os índices de evasão.
Concretamente, a Escola Viegas, planejou e execturá um trabalho que passa pela realização de entrevistas, visitas e ajuda ao aluno e família na superação de algumas de suas dificuldades, as quais estão contribuindo para diminuir o desempenho ou a evasão do mesmo da Escola; realização de reflexões (palestras, exibição de vídeos, debates, atividades culturais, etc.) sobre temas relevantes, sugeridos, muitos deles, pelos alunos.
Desta forma, amigo leitor, a comunidade escolar do Viegas acredita que o seu trabalho intelectual de reflexão e ação, resultará na apropriação e produção de conhecimentos que atuarão como instrumentos de promoção de cidadania e de construção de uma sociedade mais justa e humana, bem como facilita o ingresso do aluno no mercado de trabalho.

 
 
 
*Enio Ribeiro de Oliveira
*Professor de geografia da rede estadual de ensino (Escola Viegas).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Eva Wilma morre em São Paulo, aos 87 anos
BRASIL
Eva Wilma morre em São Paulo, aos 87 anos
Assassino de secretário municipal vai a júri popular nesta semana
DOURADOS
Assassino de secretário municipal vai a júri popular nesta semana
REGIÃO
Jovem aluga carro, carrega mais de 300 tabletes de maconha e acaba preso
Cachês da Lei Aldir Blanc estão sendo pagos em maio, afirma João César Mattogrosso
ESTADO
Cachês da Lei Aldir Blanc estão sendo pagos em maio, afirma João César Mattogrosso
Casal de moto morre atropelado por caminhonete na MS-164
REGIÃO
Casal de moto morre atropelado por caminhonete na MS-164
BRASIL
Morre o prefeito de São Paulo, Bruno Covas
POLÍCIA
Pindamonhangabense é preso por tráfico na Grande Dourados
DOURADOS
Acordo entre MPE e prefeitura prevê centro de triagem da Covid-19
REGIÃO
PRF aborda caminhão na BR-463 e descobre sumiço de motorista
BRASIL
STF mantém competência em casos de "mandatos cruzados" de parlamentares federais

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Após discussão, jovem bate veículo em poste e namorada que estava no capô morre
TRÁFICO DE DROGAS
Chefe do 'Comando Vermelho' e foragido há seis meses é preso em Dourados
FEMINICÍDIO
Mulher baleada na cabeça pelo ex-marido morre no hospital
CAPITAL
Jovem sai para comprar narguilé e morre após colidir moto contra poste