Menu
Busca domingo, 27 de setembro de 2020
(67) 99659-5905

Menino encontrado morto em Ivinhema é identificado

21 janeiro 2004 - 14h42

O adolescente de apenas dez anos de idade que foi encontrado morto na manhã de hoje no córrego Ponta Porã a menos de dois quilômetros do centro da cidade de Ivinhema, acaba de ser identificado. Trata-se de de nome Vinicius Ferreira, que estava desaparecido desde a tarde de ontem, porém seus familiares presumiam que ele estivesse na casa de algum parente, o que não aconteceu. Na manhã de hoje seu corpo foi encontrado pelo próprio pai nas margens do córrego. Segundo informações ele costumeiramente ia ao local para tomar banho, mas como ontem choveu forte na parte da tarde se presume que a forte correnteza que chegou de maneira repentina através da tubulação de águas pluviais tenha sido a causa principal da morte do garoto. Vinicius apresentava um grande ferimento na altura da testa. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PREVENÇÃO
Bombas flutuantes são ativadas para garantir abastecimento de água em Corumbá
ECONOMIA
Economistas defendem investimentos públicos e taxação de ricos
INCENTIVO
Em segunda edição do programa, UEMS concede 711 auxílios para acesso à internet
POLÍCIA
Idoso é encontrado morto em valeta na região central de Itaporã
DOURADOS
Em MS, interessados em adquirir imóvel podem ter desconto no valor da entrada
ESPORTE
Vasco empata com Bragantino e entra, provisoriamente, no G4
PANDEMIA
Governo aposta que ‘Rastrear’ vai diminuir taxa de contaminação do coronavírus em MS
CONSUMIDOR
Após denúncias, Procon autua seis agências bancárias
PANDEMIA
Em um mês, mais de 5 mil aulas para primeira habilitação foram realizadas de forma online em MS
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
Comissão mista se reúne para ouvir formuladores das propostas de reforma tributária

Mais Lidas

POLÍCIA
Caminhoneiro de Dourados morre ao capotar na serra de Maracaju
ATO DE FÉ
Após vigílias em frente a hospital, família celebra 'milagre' por homem que caiu do telhado
PONTA PORÃ
Polícia apreende comboio com contrabando avaliado em R$ 1 milhão
CAMPO GRANDE
Gêmeos são executados dentro de quitinete