Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
(67) 99659-5905
APARECIDA DO TABOADO

Menina picada por escorpião morre após dar entrada em Pronto Socorro

07 outubro 2017 - 09h10Por Da Redação

A pequena Pietra Teixeira do Nascimento de 9 anos, moradora de Aparecida do Taboado, morreu na madrugada desta sexta-feira, dia 06 de outubro, após ser picada por um escorpião.

A menina foi picada na madrugada de quinta-feira (05) e logo em seguida a levaram ao Pronto Socorro da cidade, onde não havia o soro antiescorpiônico.

O secretário de saúde da cidade, Márcio Garcia Galdino confirmou que no hospital não havia o soro, e disse que irá "investigar" o motivo da falta do medicamento.

Segundo o site Midiamax, Pietra dormia com a avó quando foi picada em um dos dedos por volta das 4h30. Segundo o pai, a menina gritou, momento em que viram um escorpião amarelo embaixo do travesseiro. "Ela já acordou suando", disse o pai. A casa onde ocorreu o fato fica em um sítio a um quilômetro do centro da cidade.

O animal peçonhento foi morto e ela foi levada imediatamente ao Pronto Socorro da cidade. "Lá ela ainda ficou uns 15 minutos para receber atendimento", disse o pai.

Ainda de acordo com Patrick, enquanto ela esperava, foi dado um soro para cortar os vômitos, e em seguida, informaram que não havia o soro contra a picada do escorpião. Ainda de acordo com o pai, por mais de uma hora, o hospital tentou a regulação para transferí-la para outra cidade.

Patrick conta que já tinham tomado a decisão de irem para Santa Fé do Sul, em São Paulo, que fica a aproximadamente 29 quilômetros de Aparecida do Taboado. Neste momento, segundo a família, regularam a transferência de Pietra para Três Lagoas - distância de 130 quilômetros. "Iriam levá-la em uma ambulância sem UTI, foi quando a gente resolver ir para Santa Fé por conta própria".

Patrick lembra que o irmão mais novo de Pietra já havia sido picado por escorpião a aproximadamente dois anos. Na época ele foi levado para o Pronto Socorro de Aparecida do Taboado, onde foi medicado normalmente com o soro contra a picada. " A gente tinha certeza que lá tinha".

Na cidade paulista, a menina foi prontamente atendida e tomou o soro antiescorpiônico. Porém, o veneno já havia atingido alguns órgãos. O pai relata que a filha também foi diagnosticada com água no pulmão.

Ela foi levada à Santa Casa da cidade do estado vizinho, onde foi feita a drenagem do líquido, porém a menina não resistiu e morreu por parada cardíaca na madrugada desta sexta-feira (06), durante a internação.

A mãe de Pietra, que é separada do pai da menina contou que a filha foi sepultada por volta das 17 horas desta sexta-feira (06). "Nunca mais vai sair a frase da minha cabeça quando chegaram aqui e disseram que não tinham uma notícia boa para me dar".

Deixe seu Comentário

Leia Também

RIO BRILHANTE
Homem é preso com carro roubado e diz trocaria por cavalo e alfafa
TELEVISÃO
Falta de segurança faz jornalistas do Grupo Globo deixarem plantão no Alvorada
CAPITAL
Mulher é presa em flagrante após furtar maquiagens e fones de ouvido
MAGISTRATURA
Concurso: Comissão divulga julgamento de recursos da prova objetiva
IVINHEMA
Mulher é presa transportando para São Paulo 200 quilos de maconha
ENTRADA PROIBIDA
Estados Unidos antecipam para amanhã início do bloqueio a brasileiros
SIDROLÂNDIA
PMs são acusados de aceitar propina de traficantes que “queimavam dinheiro”
JUDICIÁRIO
Flávio Bolsonaro pede para acompanhar depoimento de Paulo Marinho
MARACAJU
Homem encontrado morto em rio foi estrangulado e polícia identifica suspeitos
SAÚDE
Ações nas barreiras sanitárias são intensificadas no combate à Covid-19

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dois meses após decreto de emergência, Dourados confirmou 127 casos de Covid-19
PANDEMIA
Número de pacientes internados por coronavírus em Dourados sobe 50% em 24h