segunda, 22 de abril de 2024
Dourados
25ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Meio Ambiente:Equipes sobrevoam o Parque do Ivinhema

23 setembro 2003 - 10h39

Equipes da Polícia Militar Ambiental (PMA) e do Instituto de Meio Ambiente Pantanal (Imap) irão sobrevoar a área de 7 mil hectares atingida por um incêndio no Parque do Ivinhema, a 80 km do município. De acordo com o gerente de Conservação de Biodiversidade do Instituto de Meio Ambiente Pantanal (Imap), Harold Brito, as equipes saem neste momento de Campo Grande e devem chegar no local em uma hora e meia. Brito informou que há novos focos de incêndio na área e os técnicos farão o monitoramento da região. O tempo quente e seco e as fagulhas dos focos já extintos podem levar ao início de outro incêndio. O fogo começou na última sexta-feira em uma propriedade do parque que ainda não foi adquirida oficialmente pelo Estado e já destruiu 7 mil hectares do Parque, que possui 72 mil hectares. O incêndio está controlado mas o tempo seco exige a permanência de equipes no local para evitar o surgimento de novos focos. Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Meio Ambiente (Sema), ainda não foram encontrados animais mortos no parque. Criada em 1998, a área abrange os municípios de Jateí, Naviraí e Taquarussu e a sede fica na fazenda Porto Peroba.      Equipes da Polícia Militar Ambiental (PMA) e do Instituto de Meio Ambiente Pantanal (Imap) irão sobrevoar a área de 7 mil hectares atingida por um incêndio no Parque do Ivinhema, a 80 km do município. De acordo com o gerente de Conservação de Biodiversidade do Instituto de Meio Ambiente Pantanal (Imap), Harold Brito, as equipes saem neste momento de Campo Grande e devem chegar no local em uma hora e meia. Brito informou que há novos focos de incêndio na área e os técnicos farão o monitoramento da região. O tempo quente e seco e as fagulhas dos focos já extintos podem levar ao início de outro incêndio. O fogo começou na última sexta-feira em uma propriedade do parque que ainda não foi adquirida oficialmente pelo Estado e já destruiu 7 mil hectares do Parque, que possui 72 mil hectares. O incêndio está controlado mas o tempo seco exige a permanência de equipes no local para evitar o surgimento de novos focos. Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Meio Ambiente (Sema), ainda não foram encontrados animais mortos no parque. Criada em 1998, a área abrange os municípios de Jateí, Naviraí e Taquarussu e a sede fica na fazenda Porto Peroba.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Indígenas prometem seguir lutando por demarcação de terras
POLÍTICA

Indígenas prometem seguir lutando por demarcação de terras

MUNDO NOVO

Mestrado em Biodiversidade e Sustentabilidade Ambiental abre inscrições

ECONOMIA

Não houve invasão externa em sistema do Tesouro, diz Haddad

COTAÇÃO

Dólar cai para R$ 5,16 à espera de dados nos Estados Unidos

Ministra mantém indenização de Deltan a Lula por caso de powerpoint
JUSTIÇA

Ministra mantém indenização de Deltan a Lula por caso de powerpoint

CAMPO GRANDE 

Homem que atropelou e matou esposa é liberado após audiência de custódia 

COTAÇÃO

Agronegócio fecha a segunda-feira com reduções nos preços em Dourados

QUATRO ANOS

Detento que cavou buraco em canil para fugir da PED é preso em Goiás 

RODOVIA ESTADUAL 

Homem é preso transportando 700 pacotes de cigarros contrabandeados

REFERÊNCIA

Voucher Transportador já atendeu quase mil motoristas e pode ampliar vagas

Mais Lidas

CAMPEONATO ESTADUAL

Operário domina partida, vence o DAC por 3 a 1 e conquista o título Estadual

DOURADOS

Jovem morre a caminho de hospital após ser atingido por facada no abdômen

CAPITAL

Trabalhadores que faziam serviço tapa-buraco são atropelados

FUTEBOL

Sem o título, Dourados perde ainda duas vagas para competições nacionais