Menu
Busca sexta, 07 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Megaoperação contra o crime organizado prende 140 pessoas

27 agosto 2004 - 20h36

Uma operação conjunta entre o Ministério Público Estadual e as polícias Civil, Militar e Federal, além da Receita Estadual e da Federal, resultou nesta sexta-feira na prisão de pelo menos 140 envolvidos com o crime organizado, em 140 mandados de busca de apreensão no Estado de São Paulo. /Dos presos, quatro foram detidos por porte de drogas. A operação é de repressão contra a organização criminosa de narcotraficantes da conexão "Esquerda-Edinho-Jajá-Anísio-Cicone", que atua na região de São José do Rio Preto (440 km a noroeste de São Paulo) e teria o envolvimento da facção PCC (Primeiro Comando da Capital). A polícia aponta cinco homens que já estavam presos como os principais líderes da quadrilha. Por meio de telefones celulares, eles coordenariam a aquisição e revenda de entorpecentes. Outros 40 presos também são acusados de integrar a quadrilha. Os supostos líderes são Mário Sérgio Costa, o Esquerda, Edson José da Costa, o Edinho, Anísio Pedro Gonçalves, o Patinhas, Jair Carlos de Souza, o Jajá, e Marcos Roberto Cicone, o Marquinhos Cicone. Segundo a polícia, eles contam com a participação de integrantes do grupo que estão em liberdade, que são os encarregados do depósito do dinheiro arrecadado no comércio de drogas nas contas bancárias dos líderes e fornecedores. As contas estão abertas em nome de familiares e "laranjas". A organização criminosa também conta com a participação de agentes públicos e advogados, de acordo com as investigações policiais. Operação No total, participaram da operação 17 promotores de Justiça, um procurador da República, 40 delegados da Polícia Civil, 175 investigadores, 100 policiais militares e equipes da Polícia Federal. Os policiais fizeram busca e apreensão em cinco presídios, com apreensão de celulares e outros objetos. Foram presos cinco advogados envolvidos no esquema e cinco empresários a serviço do tráfico, na venda de automóveis e motos. Segundo o Ministério Público, 25 contas do crime organizado foram bloqueadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

STJ
Advogado acusado de matar ex-lider do PSL sofre nova derrota na Justiça
IBGE
Governo recorre da decisão do Supremo sobre realização do Censo 2021
Motorista perde o freio e caminhão carregado com frangos colide em carreta
Motorista perde o freio e caminhão carregado com frangos colide em carreta
BRASIL
Mulher vítima de violência terá prioridade em programa habitacional
Grêmio goleia time venezuelano por 8 a 0 e faz história
FUTEBOL
Grêmio goleia time venezuelano por 8 a 0 e faz história
NOVA ANDRADINA
Jeep bate em carreta, capota, sai da pista e fica destruído na BR-267
BRASÍLIA
'Tô vendo uma barata aqui', diz Bolsonaro a apoiador com cabelo 'black power'
Suspeito de levar foragidos do ES ao Paraguai é preso com R$ 12 mil
UFGD
Workshop de saúde vocal para profissionais da voz acontece na próxima semana
NOVA ANDRADINA
Ex-namorado de líder do PSL encontrada morta, é indiciado por feminicídio

Mais Lidas

PANDEMIA
Decreto reduz toque de recolher em Dourados na semana do Dia das Mães
DOURADOS
Pancadaria em motel termina na delegacia com três pessoas detidas
REGIÃO
Mãe e filha são executadas em locais diferentes na fronteira
PONTA PORÃ
Vítima de execução na fronteira registrou boletim de ocorrência contra o namorado