Menu
Busca sexta, 17 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
REGIÃO

Médico de MS é condenado por causar doença rara que deixou criança cega de um olho

25 julho 2014 - 15h10

O médico de Fátima do Sul, foi condenado nesta sexta-feira (25) a pagar indenização, por danos morais e estéticos, no valor de 250 salários-mínimos à família de menina que contraiu Síndrome de Stevens-Johnson, após receber tratamento médico pelo profissional em 2002.
A criança apresentava um quadro de epilepsia e foi tratada com medicamentos que causam a referida Síndrome. A paciente sofreu perda total da visão de um olho, 60% do outro olho, deformidade facial, lesões cutâneas, entre outras.
O médico, em sua defesa, alegou não estar provado sua responsabilidade em causar a Síndrome de Stevens-Johnson, por não ter agido com negligência, nem imperícia, muito menos imprudência.

Ele ainda informou que o fármaco prescrito para o tratamento da epilepsia é tido como primeira opção para aquele quadro clínico e não há como prever se haverá reação alérgica ao medicamento, sendo que a síndrome apresentada pela criança pode ter ocorrido em decorrência da genética, da infecção apresentada pela menor ou pelo medicamento utilizado no tratamento da epilepsia.

Contudo, de acordo com o voto do relator do recurso de apelação, houve responsabilidade por parte do médico. Para ele, ao ter prescrito simultaneamente os medicamentos lamotrigina e ácido valpróico, o médico deveria ter agido com mais cautela e prudência, realizando um acompanhamento médico efetivo a fim de prevenir eventuais reações ao uso do fármaco, o que não ocorreu.

O relator citou o parecer do Ministério Público para afastar a alegação de falta de culpa. “Depreende-se da bula do medicamento Lamictal, que não há informação suficiente sobre o uso do remédio Lamictal em crianças com menos de 12 anos. Em tal bula, também, consta que o medicamento Lamictal pode ocasionar reações adversas como Síndrome de Stevens-Johnson”.

O magistrado decidiu por arbitrar a indenização de dano moral em 100 salários-mínimos e por danos estéticos no valor de 150 salários-mínimos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tronco de árvore em carreta "escondia" cocaína avaliada em R$ 28 milhões
ELDORADO
Tronco de árvore em carreta "escondia" cocaína avaliada em R$ 28 milhões
GERAL
Ministro Dias Toffoli participa de evento no TRE/MS nesta sexta-feira
BENEFÍCIO
Projeto na Fazenda Experimental da UFGD abre seleção para bolsista
CAMPO GRANDE
Conferência Regional de Assistência Social acontece a partir desta quinta
CAPITAL
Homem é assassinado a tiros na frente de condomínio
TEMPO
Sexta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
RIO VERDE
Acusado de incendiar casa com a ex-mulher dentro é preso
MUDANÇAS NOS RELÓGIOS
Com crise hídrica, governo pede novo estudo sobre horário de verão
CAPITAL
Operação mira Facção Criminosa e cumpre mandados em presídio
POLÍTICA
Governo eleva alíquota do IOF para custear o novo Bolsa Família

Mais Lidas

DOURADOS
Após denúncias, casal é preso por tráfico no Jardim Guaicurus
24 HORAS DE VACINA
Dourados terá 'viradão' da vacina para aplicar doses em cinco grupos
DOURADOS
'Trevo do DOF' terá viaduto de 40m e ficará pronto em oito meses
DOURADOS
Homem morre no hospital depois de ser atropelado na área central