Menu
Busca sexta, 15 de outubro de 2021
(67) 99257-3397

Médica denuncia colegas por demora em atendimento em MS

23 março 2008 - 08h55

Léa Karla Moura Dias, de 28 anos, procurou a polícia para denunciar os também médicos Jorduval de Lima e Patrícia Abud Chinaglia de Andrade por demora e possível omissão no atendimento de duas mulheres em trabalho de parto e com risco de morte na Associação Beneficente Julio Maia, em Brasilândia. Segundo a denúncia, os dois médicos que são ginecologistas foram solicitados, mas não compareceram ao hospital.
Quando Lea Karla Moura Dias deixou o hospital às 15 horas, os dois médicos, que estavam na escala de plantão, ainda não haviam chegado ao hospital.  No Boletim de Ocorrência registrado na polícia, não consta o tempo que as mulheres estavam esperando o atendimento.
As grávidas são Maria Aparecida Kavalek Mariano, de 29 anos, e Roseli Maria de Araujo Melo, de 31. Léa não é especialista e, por isso, só faz atendimentos gerais.
Lea tentou ainda ligar para uma central de vagas para transferir uma das grávidas para Três Lagoas, mas não conseguiu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prefeito paraguaio diz que 'polícia encobre o autor de chacina
FRONTEIRA
Prefeito paraguaio diz que 'polícia encobre o autor de chacina
'LOREM IPSUM'
Governo Bolsonaro faz post sem conteúdo sobre mil dias de gestão
PMA recolhe filhotes de beija-flor que caíram com ninho durante ventania
MEIO AMBIENTE
PMA recolhe filhotes de beija-flor que caíram com ninho durante ventania
CORTE DE VERBA
Bolsonaro sanciona lei que retira mais de R$ 600 milhões da ciência
Prefeitura de Naviraí interdita ponte por conta de risco de desabamento
REGIÃO
Prefeitura de Naviraí interdita ponte por conta de risco de desabamento
CULTURA
Festival de dança valoriza a melhor idade e promove a confraternização
VIOLÊNCIA
Diretor-adjunto é condenado por estuprar criança de 10 anos em escola
DOURADOS
Incubadoras da UFGD selecionam propostas de novos empreendimentos
CAPITAL
Ao se negar entregar celular a ladrão, menina de 12 anos é esganada
VACINA
Saúde reduz intervalo da AstraZeneca de 12 para 8 semanas

Mais Lidas

DOURADOS
Polícia indicia três e recupera R$ 32 milhões de golpe milionário em empresa
FRONTEIRA
"Olheiro" de vítimas da chacina em Pedro Juan é preso
VIOLÊNCIA
Ataque na fronteira deixa um morto e dois feridos, entre eles vereador
CLIMA
Chuva e ventos fortes derrubam árvores em Dourados e causam estragos em posto da PRF