Menu
Busca segunda, 01 de março de 2021
(67) 99257-3397

MEC se preocupa com a situação do curso de medicina

03 maio 2004 - 08h49

A coordenador do curso de Medicina Dra. Denise Nemirovisky, afirmou que apesar das aulas terem retornado, os alunos continuarão no protesto para exigir a necessidade do curso. Foi feita uma programação normal para que ocorra o ano letivo. O diretor do campus avisou agora pouco a Denise, que o MEC havia ligado para confirmar que os projetos vão ser iniciados o mais rápido possível. Para a coordenadora, o MEC tem a preocupação de fazer uma nova política pedagógica e normalizar o curso, para que o esmo seja reconhecido.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Prefeitura não confirma vereador Marcelo Mourão como vice-lider
UFGD
Concurso Docente da convoca para prova didática e heteroidentificação
PMA realiza orientações relativos aos minhocuçus em casas de iscas vivas
MEIO AMBIENTE
PMA realiza orientações relativos aos minhocuçus em casas de iscas vivas
CASO RACHADINHAS
STJ adia julgamento de novos recursos do senador Flávio Bolsonaro
POLÍCIA
Pai acusado de "roubar" crianças já havia registrado denúncia contra mãe
PICO DA PANDEMIA
Brasil chega a 40 dias com média de mortes por Covid acima de mil
EDUCAÇÃO
MEC oferece 30 mil vagas em cursos para professores da área do esporte
BOATOS
SES esclarece sobre materiais hospitalares armazenados em Centro de Convenções
CAMPO GRANDE
PM é preso antes da formatura por ser réu por desacatar superior
ECONOMIA
Banco Central iguala limite do Pix ao das transferências eletrônicas

Mais Lidas

ACIDENTE
Veículo pega fogo ao colidir em coqueiro entre Dourados e Itaporã
DOURADOS
Jovem colide moto e embriagado tenta fugir do hospital, mas é detido
PANDEMIA
Mais uma pessoa morre por covid em Dourados e casos confirmados se aproximam de 21 mil
DOURADOS
Homem é suspeito de incendiar carro de vizinho após ser mordido por cachorro