Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021
(67) 99257-3397

MEC quer aumentar em 40% até 2006 vagas no ensino superior

10 setembro 2004 - 16h00

A ampliação de vagas no ensino público superior tem sido tratada no governo Lula como prioridade. Atualmente, o governo federal é responsável por 22% da oferta de vagas nas universidades, e a intenção do Ministério da Educação (MEC) é expandir esse número em, pelo menos, 40% até o final de 2006. “Fizemos um projeto para isso e esse projeto é importante, porque, para chegar lá, temos que começar um dia”, diz o secretário de Educação Superior do MEC, Nelson Maculan. Em entrevista exclusiva à Agência Brasil, o secretário revelou que para aumentar o acesso de estudantes de baixa renda à educação superior, o MEC pretende oferecer 10 mil novas vagas. As vagas surgirão com a criação de duas universidades: a Federal do Grande ABC (SP) e a Federal de Grande Dourados (MS), além da implantação de cinco campi avançados e três pólos universitários espalhados por todo o país. “Vamos chegar a esse número, quando isso tudo estiver construído. Aí teremos 10 mil vagas para o vestibular, vamos poder crescer bastante”, avalia o secretário. Um dos projetos que mais chama a atenção é a construção de um Pólo Universitário na cidade de Garanhuns (PE), que terá como objetivo consolidar a pesquisa e o ensino de ciências agrárias na região do interior pernambucano. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro da Educação, Tarso Genro, pretendem assinar um protocolo de intenções que cria o novo pólo universitário. “Já estamos com o protocolo de intenções pronto, e o presidente deve assinar com o ministro ainda neste mês”, informa. A Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) são as instituições responsáveis pela implantação do pólo, que será considerado um campus universitário com lotação de pessoal docente e técnico-administrativo próprios, composto por duas unidades acadêmicas: o Centro de Educação e o Centro de Ciências Agrárias. Inicialmente serão oferecidos cursos de licenciatura em pedagogia, língua portuguesa, matemática, ciências humanas e sociais e ciências da natureza, e a graduação em agronomia, zootecnia e medicina veterinária, onde serão oferecidas cerca de 300 vagas para atender à demanda da região. Para o reitor da UFRPE, professor Valmar Corrêa, o pólo poderá contribuir para um salto de qualidade no tripé pesquisa, ensino e extensão, que é desenvolvido pela universidade. Ele informa que uma das principais vocações da região é a produção de leite e a agricultura, que dependia muito das pesquisas realizadas pelas instituições sediadas na capital, Recife.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FUTEBOL
Final do Cariocão 2021 começa neste sábado com o clássico Fla x Flu
TV furtada de comércio é recuperada e mulher presa por receptação
DOURADOS
TV furtada de comércio é recuperada e mulher presa por receptação
Deputado quer posto de saúde para atender cinco bairros em Dourados
LEGISLATIVO DE MS
Deputado quer posto de saúde para atender cinco bairros em Dourados
LEVOU OUTROS PERTENCES DO 'BAÚ'
Jovem tem moto furtada no centro de Dourados
Detran-MS continua mutirão de renovação de CNH com EAR neste sábado
PERMISSÃO
Detran-MS continua mutirão de renovação de CNH com EAR neste sábado
DOURADOS
Bandido furta comércio e é preso logo depois com bebidas que havia levado
CAMPO GRANDE
Após discussão, jovem bate veículo em poste e namorada que estava no capô morre
SAÚDE & BEM-ESTAR
Hospital dos Olhos Dourados orienta sobre a importância do acompanhamento oftalmológico na infância
ACIMA DE 69 ANOS
Dourados tem 'Dia D' para 2ª dose da coronavac em idosos acima de 69 anos
TEMPO
Temperatura continua amena em Dourados e máxima não passa de 26ºC

Mais Lidas

CORONAVÍRUS
Murilo Zauith passa por reabilitação e segue internado em SP
TRÁFICO DE DROGAS
Chefe do 'Comando Vermelho' e foragido há seis meses é preso em Dourados
DOURADOS
Criança encontrada morta apresentou problemas estomacais uma semana antes
CACHOEIRINHA
Polícia fecha ponto de distribuição de drogas e prende abastecedor