Menu
Busca segunda, 17 de maio de 2021
(67) 99257-3397

MEC diz que 1,2 mi de estudantes já se inscreveram no SiSU

19 janeiro 2011 - 16h13

O Ministério da Educação divulgou que mais de 1,2 milhão de estudantes já se inscreveram no Sistema de Seleção Unificada (SiSU) até o meio-dia desta quarta-feira (19). O MEC afirma que o processo de inscrição está normalizado e diz que até as 23h59 desta quinta-feira (20), quando termina o prazo, todos os estudantes terão conseguido se increver no programa que seleciona para mais de 83.125 vagas em em instituições públicas de educação superior.

Mais de 3,3 milhões de estudantes fizeram o Enem 2010, cujas notas são usadas pelo SiSU. O prazo original das inscrições terminaria na terça-feira (18), mas por causa das dificuldades de acesso e dos problemas com o site o MEC adiou o prazo para quinta-feira.

Enquanto isso, o Ministério Público Federal em Pernambuco e no Ceará apresentaram ação civil pública na Justiça Federal solicitando que as inscrições para o SiSU sejam interrompidas até que o MEC permita aos candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) possam ver as provas e, eventualmente, apresentar recursos.

Problemas no site
O Ministério da Educação divulgou nota nesta terça-feira (18) reconhecendo que após a manutenção do site do sistema, na noite de segunda-feira (17), estudantes conseguiram ter acesso a páginas e dados de outros candidatos. O MEC assegura, no entanto, que não era possível navegar na página e alterar os dados cadastrais de terceiros.

A estudante Letice Uchoa, de 18 anos, de São Paulo (SP), disse que tentava se cadastrar no site do SiSU desde domingo e só conseguiu na manhã desta terça-feira. No entanto, ao digitar sua senha, caiu na página de outra pessoa. “Ao colocar minha senha caí na página de um Alexandro. Cliquei no link alterar dados e, embora não tenha feito nenhuma mudança, poderia ter modificado as opções”, afirmou a estudante, que se inscreveu em um curso da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Paula Isabel Trigo Mancilla, de 20 anos, de Americana (SP), disse que viu uma página com o nome dela, mas com outro curso e nota. Ela quer medicina veterinária. Depois, atualizou a página e apareceu que não estava inscrita.

Maiara Pilar Palmeira disse que se inscreveu no SiSU na segunda-feira por volta das 9h para o curso de licenciatura plena em ciências da Unifesp, campus Diadema. “Nesta terça-feira, por volta das 8h da manhã, entrei no sistema SiSU e minha inscrição estava para Universidade Federal Fluminense para o curso de bacharelado em direito em Volta Redonda (RJ). Não sei agora como fica o resultado já que está uma confusão, e troca de inscrição”, comentou.

Paulo Monteiro de Oliveira, de 19 anos, do Rio, ainda não conseguiu se inscrever. Ao colocar a senha no site do SiSU, ele disse ter caído na página de uma estudante chamada Natália. "Não consegui acesso à minha página, mas tive acesso a telefones e e-mails da pessoa", comentou o estudante, que procura vaga em engenharia elétrica.

MEC diz que não é possível alterar dados
O Ministério da Educação divulgou nota nesta terça-feira (18) reconhecendo que após a manutenção do site do Sistema de Seleção Unificada (SiSU), na noite de segunda-feira (17), estudantes conseguiram ter acesso a páginas e dados de outros candidatos. O MEC assegura, no entanto, que não era possível navegar na página e alterar os dados cadastrais de terceiros.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CHAPADÃO DO SUL
Motorista tem perna esquerda estilhaçada em explosão de compressor de ar
IstoÉ
Michelle Bolsonaro perde processo e terá de pagar indenização de R$ 15 mil
CAPITAL
Preso, rapaz diz que espancou idoso por ele 'mexer' com sobrinho de 1 ano
UEMS
Mestrado em Educação Científica e Matemática prorroga inscrições até junho
CORUMBÁ
Após assaltar papelaria, ladrão tenta fugir para mata e invade residência
SAÚDE
Diretora do Conselho de Farmácia alerta para uso irracional de medicamentos
Polícia do Paraguai apreende cocaína escondida em chifre ornamental
GOVERNO BOLSONARO
Ocupação irregular na Amazônia cresceu 56% em dois anos, diz instituto
ANTÔNIO JOÃO
Homem é preso por tentar matar adolescente de 17 anos a tiros
REGIÃO
Inscrições para processo seletivo de estágio em Angélica são prorrogadas

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Após discussão, jovem bate veículo em poste e namorada que estava no capô morre
POLÍCIA
'Apaixonado', rapaz furta objetos na PED para ser preso e reencontrar marido
FEMINICÍDIO
Mulher baleada na cabeça pelo ex-marido morre no hospital
REGIÃO
Mulher mata o marido a facadas após discussão em MS