Menu
Busca domingo, 29 de março de 2020
(67) 9860-3221

Mato Grosso do Sul será piloto em programa da ONU

28 janeiro 2004 - 11h43

Mato Grosso do Sul terá um escritório da ONU (Organização das Nações Unidas) que centralizará os principais programas de políticas públicas do governo. O anúncio foi feito ontem, pela oficial de projetos do PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento Humano), Julieta Verlleun, durante uma reunião com o secretário de Estado de Educação, Hélio de Lima. Também participaram do encontro o subsecretário de Articulação da Gestão Governamental, José Carlos Gomes, e um dos representantes da secretaria de Estado de Coordenação Geral do Governo, Gerson Luiz dos Santos.Com esse escritório instalado, o Estado vai ter maior apoio na realização e aplicação dos projetos para melhor atender a população e melhorar a qualidade de vida. “Nós já tínhamos a idéia de realizar um projeto dessa dimensão, e depois de conhecer o projeto do Estado, conseguimos fazer o nosso”, afirma a oficial.O PNUD é um dos principais programas da ONU no mundo e tem o apoio do Bird (Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento). “Estamos trabalhando para alcançar a meta que nos propomos a realizar. Lutar contra a fome, a pobreza, a disseminação do HIV/aids, a exclusão das pessoas na área da educação, saúde e outros. Essas ações é que fazem a gente acreditar nas mudanças”, disse Verlleun.“Considero que a partir de agora o processo de andamento de implantação do escritório que estamos chamando de Cantinho dos Amigos do PNUD, aqui no Estado, já começou. Depois da ótima receptividade que tivemos só falta acertar alguns detalhes”, comenta.A proposta do PNUD é iniciar o Cantinho dos Amigos em cinco estados brasileiros: Mato Grosso do Sul (MS), São Paulo (SP), Bahia (BA), Santa Catarina (SC) e Amazonas (AM). Enquanto os Estados participam com a cedência do local de funcionamento do escritório, a contrapartida do PNUD é fornecer os equipamentos necessários e pessoal. Desde 2002 o programa está trabalhando com os chamados oito objetivos do milênio e, até 2015, pretende alcançar as metas que tem como foco principal melhorar a qualidade de vida da população brasileira e aumentar o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano). São 192 países envolvidos nessa causa.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

CLIMA
Dourados registra quarta chuva de mês e se aproxima da média de março
LIVE
Lacen esclarece dúvidas sobre os exames de diagnóstico do Covid-19
DOURADOS
Prefeitura pretende manter estratégias após primeiras confirmações de coronavírus
SAÚDE
Ministério alerta para risco do uso de cloroquina sem indicação médica
AMAMBAI
Motociclista morre após colisão contra Hilux na região de fronteira
DOIS ANOS
TJ/MS prorroga a validade do VIII Concurso Público de Servidores
PREVENÇÃO
Paraguai estende isolamento total contra o coronavírus até 12 de abril
CORONAVÍRUS
'Se sair andando todos de uma vez, vai faltar para rico e pobre', diz Mandetta
BATAGUASSU
Homem é preso após tentar atropelar e ameaçar manter família em cárcere
ARTIGO
COVID-19: Reflexões a respeito do primeiro caso registrado em Dourados

Mais Lidas

COVID-19
Saúde confirma coronavírus para mulher internada em Dourados e casos chegam a 28 em MS
COVID-19
Dourados confirma primeiro caso do novo coronavírus
COVID-19
Mulher de 52 anos é o 2º caso de coronavírus em Dourados, total no Estado é de 31
DOURADOS
Sindicato emite nota e diz que empregados foram obrigados a participar de ato