Menu
Busca quarta, 05 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Mato Grosso do Sul implanta o Sistema Vigisolo

31 agosto 2004 - 11h07

O Governo de Mato Grosso do Sul através da Secretaria de Estado de Saúde em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente, iniciaram hoje, dia 31 de agosto, o Sistema Vigisolo, cuja finalidade é conhecer , detectar e controlar fatores ambientais de risco e outros agravos à saúde predominantes da contaminação no solo.Como primeira etapa da implantação, os técnicos estarão realizando levantamentos visuais, nos entornos, relacionando principalmente as populações expostas e o ecossistema vulnerável, como o aqüífero guarani e o Pantanal. As principais áreas a serem levantadas pelas equipes serão focadas nas questões agrárias, depósitos de agrotóxicos, indústrias frigoríficas, curtumes , serralherias, usinas de açúcar e álcool e mineradoras.Uma consultoria técnica do Ministério da Saúde, estará acompanhando os trabalhos, subsidiando planejamentos e estratégias favorecendo assim ações desencadeadas e direcionadas para uma melhor finalização dos trabalhos no estado.Segundo Márcio Toledo, Coordenador da Vigilância Sanitária no Estado, "este trabalho visa o aprimoramento de todas os órgãos e entidades diretamente relacionados , cuja participação das secretarias municipais é importante, porque está agregada a informações e a outros  trabalhos de ong"s e fundações ligados ao meio ambiente, pesquisas minerais, indústrias e saneamento básico, visando tornar com isso uma integração maior na vigilância em saúde de forma mais eficaz,". frisou .De acordo com o diagnóstico Nacional de Áreas com Solos Contaminados, realizado pela Coordenadoria Geral de Vigilância Ambiental e Saúde- CGVAM, as informações sobre as áreas  serão monitoradas  e cadastradas em um banco de dados do programa, cuja finalidade será controlar as oito variáveis que são as áreas  de disposição final de resíduos urbanos e industriais, unidades de posto de abastecimento de combustíveis,áreas de passivo ambiental e de contaminação natural.Segundo Toledo, "algumas doenças não são visíveis e não são de diagnóstico fácil, porque são adquiridas em áreas de trabalho junto ao solo contaminado, e em geral é um processo longo de incorporação do contaminante que afeta ou afetou o solo, mas que no geral afeta diretamente a saúde da população envolvida. As doenças mais comuns relacionadas à estes agravos são as doenças pulmonares, musculares e até cardíacas," explica.Segundo estimativas do Ministério da Saúde, o programa Vigisolo, deverá estar em pleno funcionamento até novembro de 2004 em todos os estados da federação.Maiores informações na Coordenadoria de Vigilância sanitária de MS, tel.(67) 318-1722.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem incendeia 48 hectares e é autuado e multado em quase R$ 50 mil
CRIME AMBIENTAL
Homem incendeia 48 hectares e é autuado e multado em quase R$ 50 mil
Em dia com 10 mortes, Dourados continua com fila de espera em leitos UTI Covid
PANDEMIA
Em dia com 10 mortes, Dourados continua com fila de espera em leitos UTI Covid
Ex-prefeito de Campo Grande é preso por corrupção e lavagem de dinheiro
JUSTIÇA
Ex-prefeito de Campo Grande é preso por corrupção e lavagem de dinheiro
DAC vence Operário de virada no Douradão e embola briga pelo título Estadual
FUTEBOL
DAC vence Operário de virada no Douradão e embola briga pelo título Estadual
Mulheres vítimas de violência doméstica terão prioridade nos programas habitacionais do município
DOURADOS
Mulheres vítimas de violência doméstica terão prioridade nos programas habitacionais do município
INFRAESTRUTURA
Novos investimentos serão anunciados em Dourados, diz Sérgio Murilo
COTAÇÃO
Dólar fecha em queda no dia de decisão sobre taxa básica de juros
ASSEMBLEIA
Deputado testa positivo para Covid e tem 50% do pulmões comprometidos
PANDEMIA
Sputnik V: Anvisa diz que atua com ética e respeito com as empresas
DOURADOS
Lei que cria Semana da Valorização da Cultura Indígena é promulgada

Mais Lidas

INVESTIGAÇÃO
Homem é preso suspeito de estuprar quatro sobrinhas em Dourados
DOURADOS
Fumaça em estrada causa colisão entre caminhões e leva transtorno a moradores; vídeo
PANDEMIA
Decreto reduz toque de recolher em Dourados na semana do Dia das Mães
REGIÃO
Mãe e filha são executadas em locais diferentes na fronteira