Menu
Busca quarta, 14 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Marinho diz que assume Trabalho como soldado de Lula

08 julho 2005 - 14h42

O ministro do Trabalho, Luiz Marinho, disse que aceitou o convite feito pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva para assumir a pasta, que era ocupada por Ricardo Berzoini (PT-SP). "Sou soldado desse projeto. Aceitei a convocatória [do presidente Lula]", disse ele logo após se reunir com Lula nesta sexta-feira na Granja do Torto, em Brasília (DF).Marinho admitiu que sua indicação tem alguma relação com a crise política que assola o PT, partido de Lula, e o próprio governo federal. "Assumo com a missão de ajudar o governo a sair dessa crise. O convite foi motivado [por esse cenário]. O cenário é que leva a esse convite."Segundo ele, Berzoini deverá ser deslocado para o Congresso, onde reforçará a bancada petista na Câmara dos Deputados. "O presidente reforçará a ação no Congresso mas sem desguarnecer a equipe de governo."Projeto de trabalhoMarinho já elencou quais serão seus principais projetos à frente do Ministério do Trabalho. Entre eles está a discussão da recomposição do poder de compra do salário mínimo (R$ 300). "Nós pretendemos ajudar a pensar numa recuperação do salário mínimo que corresponda à expectativa da sociedade", afirmou.Como presidente da CUT, Marinho passou os últimos anos defendendo a criação de um plano de recuperação do poder de compra do salário mínimo no longo prazo. Ele disse que sua ida para o governo não mudará seu posicionamento em relação à temas polêmicos, como a necessidade de correção da tabela do Imposto de Renda. "Agora a gente muda o local da trincheira. Vamos para dentro do governo. Internamente eu debaterei todas as minhas opiniões. Externamente, depende: se o governo tem uma posição, é a posição do governo. Se não tem [uma posição], será a opinião do Marinho."O novo ministro espera ter um bom relacionamento com o conjunto das centrais sindicais. "O ministro tem o papel de se relacionar com o conjunto dos movimentos sindicais." Ele não acredita que sua ida para o governo vá enfraquecer a CUT. "Temos lideranças gabaritadas e capacitadas para assumir [a presidência da CUT] nesse momento de transição."

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde de MS recebe 45.416 medicamentos do kit intubação
COVID-19
Saúde de MS recebe 45.416 medicamentos do kit intubação
Veículos carregados com contrabando são apreendidos
OPERAÇÃO HÓRUS
Veículos carregados com contrabando são apreendidos
Com estoque em situação crítica de 'kit intubação', Dourados segue com UTIs lotadas
CORONAVÍRUS
Com estoque em situação crítica de 'kit intubação', Dourados segue com UTIs lotadas
Governo de MS renova corredores de ônibus em Dourados
INFRAESTRUTURA
Governo de MS renova corredores de ônibus em Dourados
Motorista atropela e mata atual marido da ex e deixa bebê em estado grave
UEMS
Divulgado resultado preliminar para seleção de tutores e professores 
BRASIL
Anvisa diz que prazo para liberar vacinas tem a ver com documentação
COSTA RICA
Moto furtada é encontrada abandonada
DOURADOS
Homem tenta furtar fios de residência, é detido por populares e preso
ESTÉTICA
5 novos cosméticos para ficar de olho

Mais Lidas

RIO BRILHANTE
Soldado da Polícia Militar é encontrado morto no interior de residência
IZIDRO PEDROSO
Estado doará terrenos e busca parceria para construir casas populares em Dourados
DOURADOS
Homem encontrado morto pode ter envolvimento em esquema de agiotagem internacional
CASA PRÓPRIA
Prefeitura abre recadastramento habitacional em Dourados