Menu
Busca sábado, 28 de março de 2020
(67) 9860-3221

Marido bate na mulher e ainda é preso por estupro

03 fevereiro 2004 - 15h02

A guarnição da Policia Militar de Nova Andradina foi acionada na noite de ontem para atender uma ocorrência de que haveria um marido agredindo a esposa na rua Onofre Gonçalves Lopes, 213. Ao chegar no local a PM realmente constatou que Cornélio Fleitas de 29 anos estava batendo na mulher dele, Josiane Fátima da Silva, de 23 anos. O agressor foi detido e encaminhado ao 1 Distrito Policial, onde foi descoberto que havia contra ele um mandato de prisão da comarca de Amambai por estupro. cnélio foi detido e está à disposição da justiça. Outro fato que chama a atenção ainda nesta história é que há exatos seis meses, Cornélio já havia passado pela policia após ter brigado com o sogro que acabou sendo esfaqueado e foi preciso encaminha-lo para a Dourados, onde ele recebeu cuidados médicos. Nesta época, conforme a policia, o marido já maltratava a esposa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIONAL
Em parto raro, gêmeos nascem na maternidade do Hospital de Ponta Porã
ARTIGO
Cenários para o Covid-19 e a capacidade do sistema de saúde em MS
CAPITAL
Motorista bêbado é preso em flagrante após capotar carro na BR-262
AVANÇO DO COVID-19
Brasil tem 19 mortes por coronavírus em um dia e total chega a 111
MEIO AMBIENTE
Polícia Militar Ambiental captura capivara no centro da cidade de Coxim
PANDEMIA
Estudantes intercambistas poderão remarcar viagens sem custo
CAMPO GRANDE
Motorista de F-1000 faz “delivery” de cocaína e acaba preso na Capital
SÃO JOSÉ DO DIVINO
Prefeito de cidade do Piauí morre vítima do novo coronavírus
TRÊS LAGOAS
Polícia usa bala de borracha para conter rapaz que ameaçava mãe após surto
CRIATIVIDADE
Escolas estaduais criam canais para compartilhamento de conteúdo

Mais Lidas

COVID-19
Saúde confirma coronavírus para mulher internada em Dourados e casos chegam a 28 em MS
PANDEMIA
Bebê de três meses é novo caso confirmado de coronavírus em MS
DOURADOS
Sindicato emite nota e diz que empregados foram obrigados a participar de ato
BATAYPORÃ
Paciente com suspeita de coronavírus é internada em estado grave em Dourados