Menu
Busca segunda, 20 de setembro de 2021
(67) 99257-3397

Manchado novamente, futebol do MS se enterra de vez

05 setembro 2014 - 06h24

Não bastasse o baixo público nos estádios, a falta de apoio por parte do setor privado e a dificuldade em emplacar, o futebol de Mato Grosso do Sul aparece mais uma vez manchado na mídia nacional e pior, se enterra novamente numa cova tão profunda que não se enxerga a possibilidade de saída. São décadas e décadas de má gestão de cartolas, dirigentes de clubes e de pessoas que, pensando no próprio umbigo, tratam o esporte considerado paixão nacional, sem o devido profissionalismo.

A saída do Itaporã pelas portas do fundo do Campeonato Brasileiro da Série D é a prova disso. O time da cidade vizinha tentou “honrar” a única vaga oferecida – porque de direito não tem – ao Estado sem planejamento algum, após cair para a Série B do Estadual deste ano.

Porém, faltou dinheiro, competência e responsabilidade, principalmente do empregador que, ao colocar pais de família para trabalhar sem a garantia de recursos, os expôs a situações como a que acontece agora. São quase três meses de atividades sem pagamento de salários.

A FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) também foi omissa.

Não na questão de ‘bancar’ o clube, mas de tentar buscar saídas que não denegrissem o nome não só do Itaporã, mas dela própria como entidade. Afinal é o segundo episódio envolvendo seus clubes em pouco mais de um ano. Quem não se lembra do Naviraiense no ano passado?

O torcedor também é culpado pela situação. Cobra bastante, e com razão, mas não comparece. Exemplos são os jogos às moscas no Chavinha, para um grupo que a todo momento jogou pelo Itaporã e deixou o time com chances de classificação.

Mas pelo visto, esta falida competição criada pela CBF, serve apenas para escrachar Estados como o Mato Grosso do Sul no cenário do futebol. O apoio é mínimo, não existem verbas de TV e os clubes precisam pagar para jogar. Talvez esse é o motivo porque Cene e Naviraiense se recusaram a participar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem perseguia comerciante há meses e foi preso em Brasilândia
CRIME
Homem perseguia comerciante há meses e foi preso em Brasilândia
Com previsão de 43°C, Dourados tem alerta de onda de calor e de baixa umidade
TEMPO
Com previsão de 43°C, Dourados tem alerta de onda de calor e de baixa umidade
CASSILÂNDIA
Após sair da prisão, homem mantém ex-mulher em cárcere por seis dias
Decreto regulamenta reconhecimento de dívidas da União junto à Caixa
BRASIL
Decreto regulamenta reconhecimento de dívidas da União junto à Caixa
REGIÃO
Mulher apanha, é forçada a ir em festa e homem vai preso
HOMENAGEM
Sessão solene da Câmara de Dourados celebra o Dia do Povo Gaúcho no CTG
CRIME DE ABANDONO
Cinco cães são resgatados em situação de maus-tratos na capital
ETAPA CORUMBÁ
Jardim e Nioaque são campeões da Região Oeste da Liga MS de Voleibol
ECONOMIA
Começam a valer hoje novas alíquotas do IOF
PREVID
Conselho disciplina apuração de irregularidades em benefícios previdenciários

Mais Lidas

'AMIGÃO'
Bêbado bate carro e deixa amigo ferido em canteiro
EVENTO CLANDESTINO
PM encerra festa com pelo menos 2 mil pessoas em Dourados
POLO INDUSTRIAL
Expansão industrial impulsiona investimentos logísticos em Dourados
LOTERIA
Douradense fatura R$ 31 mil ao acertar na quina