Menu
Busca quinta, 06 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Mais um detento é assassinado na Máxima da Capital

04 setembro 2004 - 08h46

Mais um detento foi assassinado na noite de ontem no EPSM (Estabelecimento Penal de Segurança Máxima) de Campo Grande. Trata-se de Evangelista Cândido da Silva, de 37 anos, que foi morto a golpes de faca artesanal.Ele cumpria pena por tráfico de drogas e o crime teria ocorrido por volta das 23h55 no interior da cela 50, no pavilhão 2. De acordo a Polícia Militar, o presidiário Edílson de Oliveira Carvalho, de 41 anos, assumiu a autoria do crime.Carvalho cumpre pena por lesão corporal, furto e roubo, sendo que os motivos para o assassinado ainda não foram esclarecidos. Com esse novo homicídio, agora sobe para seis o número de mortes somente este ano no presídio.A penúltima morte foi há menos de 48 horas, no dia 2 de setembro, quando o interno Fábio Carlos Matins, 28 anos, foi assassinado dentro do presídio. Ele levou inúmeras facadas no peito e pescoço e por último foi decapitado pelo colega de cela, Wilson Silva Cortes, 28 anos, durante o banho de sol. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é preso com caminhonete e pistola na MS-164 logo após assalto
POLÍTICA
Senado Federal aprova penas mais duras contra crimes cibernéticos
APARECIDA DO TABOADO
Homem é esfaqueado ao tentar impedir mulher de sair para comprar drogas
IMUNIZANTE
Mais 628 mil vacinas da Pfizer chegam ao Brasil nesta quarta-feira
RIBAS DO RIO PARDO
Detetive particular já condenado é preso por dirigir embriagado após acidente
JUDICIÁRIO
Justiça Federal absolve ex-presidente Temer de envolvimento em 'quadrilhão'
COXIM
Homem agride filho e nora de vereador, quebra viatura e danifica loja
SELEÇÃO
Ibama é autorizado a contratar 1,6 mil funcionários temporários
NAVIRAÍ
Ambiental apreende armadilha de caça de animais silvestres de grande porte 
BRASIL
Bolsonaro veta prorrogação para entrega de declaração do Imposto de Renda

Mais Lidas

PANDEMIA
Decreto reduz toque de recolher em Dourados na semana do Dia das Mães
DOURADOS
Pancadaria em motel termina na delegacia com três pessoas detidas
REGIÃO
Mãe e filha são executadas em locais diferentes na fronteira
PONTA PORÃ
Vítima de execução na fronteira registrou boletim de ocorrência contra o namorado