Menu
Busca segunda, 08 de março de 2021
(67) 99257-3397

Mais de 100 mil pessoas devem estar desempregadas no MS

10 maio 2004 - 19h29

Nos três primeiros meses deste ano, mais de 60% das pessoas que procuraram trabalho nas Agências Públicas de Mato Grosso do Sul continuaram como estavam, desempregadas. De um total de 14 mil cadastrados, só cinco mil conseguiram uma vaga. A qualificação continua sendo o maior problema. Com 21 anos, a estudante Andréia de Souza Brito, ainda está fora do mercado de trabalho. Mesmo tendo feito vários cursos, a estudante não consegue arrumar o primeiro emprego. Na fila estão trabalhadores que vão tentar uma das 500 vagas oferecidas por uma indústria que está se instalando em Campo Grande. Além dos benefícios como plano de saúde, convênios com farmácias e bolsas de estudo, a companhia também vai qualificar o candidato, mas nem todos os profissionais se enquadram no perfil exigido pela empresa. O serviços gerais, Luiz José da Costa, está fora do processo de seleção porque tem mais de 40 anos, mesmo assim vai continuar na fila. Acha que tem todas as condições de ficar com a vaga. O diretor da Fundação Social do Trabalho de Campo Grande, Cícero Ávila, explica que em casos como o do serviços gerais, serão realizados encaminhamentos para outras empresas. Estima-se que 100 mil pessoas estão sem trabalho em Mato Grosso do Sul. Um terço dos desempregados está na Capital. Nesses momentos difíceis, a oferta de vagas é sempre uma boa notícia. O serviço público também está contratando. A enfermeira Denise Cristina Souza Nunes acaba de se inscrever no concurso público da prefeitura de Campo Grande. São 198 postos de trabalho, a maioria na área da saúde. Ela já tem uma fonte de renda mas, agora, quer estabilidade. Seja qual for o setor, o candidato a um emprego precisa ter qualificação. Pelas informações da fundação do trabalho, das 49 mil pessoas encaminhadas para o mercado no ano passado, 17 mil foram contratadas. Sete mil vagas não foram preenchidas porque os candidatos não estavam preparados para a atividade. Segundo a Fundação do Trabalho e Economia Solidária, nos três primeiros meses do ano, 14 mil trabalhadores foram encaminhados ao mercado, somente cinco mil foram contratados. As inscrições para o concurso da prefeitura terminaram hoje. Mas quem quiser tentar uma das vagas oferecidas pela indústria de silos pode se inscrever até sexta-feira. A Fundação Social do Trabalho, fica na travessa Ronaldo Monteiro, 35, em Campo Grande.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE
Inscrições para seleção de professor temporário de Medicina terminam no dia 12
Governo registra 105 mil denúncias de violência contra a mulher
BRASIL
Governo registra 105 mil denúncias de violência contra a mulher
CAMPO GRANDE
Dupla é presa após ameaçar populares e atirar contra viatura policial
Jovem tenta fugir, mas é preso com réplica de pistola
REGIÃO
Jovem tenta fugir, mas é preso com réplica de pistola
Estágio em comarca de Nova Alvorada do Sul tem inscrições abertas nesta segunda-feira
OPORTUNIDADE
Estágio em comarca de Nova Alvorada do Sul tem inscrições abertas nesta segunda-feira
SOLIDARIEDADE
Programa da ONU ajuda venezuelanas a refazer a vida no Brasil
ESPORTES
Corinthians vence Sorocaba e fica com a vaga na Libertadores de futsal
BRASIL
Câmara dos Deputados vota esta semana a PEC Emergencial
TRÁFICO
Mulher que saiu com droga de Dourados com destino a São Paulo é presa
LIMITE
UTI'S em Dourados seguem com lotação máxima

Mais Lidas

PONTA PORÃ
Homem é assassinado na região de fronteira e autores deixam recado ao lado do corpo
CENTRO
Douradense é assaltado ao sair de casa para pedalar na madrugada
IMUNIZAÇÃO
Vacinação contra a Covid faz idosos 'amanhecerem' na fila em Dourados
DOURADOS 
Bebê de 9 meses espancado pela mãe é transferido para o HU