Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Lula vai presidir cúpula contra a fome amanhã em NY

19 setembro 2004 - 10h36

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, será o anfitrião amanhã em Nova York de uma cúpula sobre os meios para combater a fome e a pobreza no mundo. O evento se realizará paralelamente à Assembléia Geral das Nações Unidas. Seus colegas do Chile, Ricardo Lagos, da França, Jacques Chirac, da Espanha, José Luis Rodríguez Zapatero, e o próprio secretário-geral da ONU, Kofi Annan, também participarão na cúpula, que contará com a presença de outros 50 chefes de Estado e de Governo e ministros. A reunião acontece depois de um encontro em janeiro passado em Genebra entre Annan, Chirac, Lula e Lagos, sobre uma iniciativa chamada "Ação contra a fome e a pobreza". Durante o encontro, os líderes se comprometeram a "promover uma maior cooperação internacional e aumentar a disponibilidade de recursos para fazer frente aos desafios econômicos e sociais mais urgentes, em particular a fome e a pobreza". Zapatero se juntou a eles após ter sido eleito em março. A iniciativa do presidente Lula e seus colegas se baseia na constatação de que depois de quatro anos da adoção dos Objetivos do Milênio, que incluem especialmente a redução pela metade da extrema pobreza até 2015, não houve avanços e os financiamentos são insuficientes. Se não se fizer nada de maneira rápida, não haverá possibilidade de atingir esses objetivos. A comunidade internacional tem trabalhado sobre três eixos tradicionais para financiar a luta contra a pobreza: ajuda pública ao desenvolvimento, flexibilização da dívida e culminação da rodada comercial de Doha. Apesar de uma dinâmica positiva em alguns anos nessas áreas, falta ainda muito dinheiro. O Banco Mundial estima que US$ 50 bilhões por ano. Os quatro dirigentes convocaram especialistas para encontrar "meios de financiamento inovadores". Um funcionário encarregado por Chirac para esta tarefa, Jean-Pierre Landau, entregou um informe em meados de setembro, no qual propõe q ue se financie o desenvolvimento por uma fiscalização internacional sobre o transporte aéreo e marítimo internacional, as transações financeiras internacionais, os benefícios das multinacionais e a venda de armas. Em Nova York nesta segunda-feira, os "quatro", com a ajuda de Annan, buscarão suscitar uma mobilização a maior possível sobre esses temas e sobre a idéia de que "se pode fazer mais e melhor" em matéria de financiamento. O objetivo é poder propor, durante uma cúpula mundial que se realizará durante a próxima Assembléia Geral da ONU em 2005, medidas concretas para que sejam aplicadas nos dez anos que restam para atingir esses Objetivos do Milênio. Os participantes pretendem adotar uma "declaração de Nova York para a luta contra a fome e a pobreza" e realizar uma entrevista à imprensa no final de sua reunião na noite desta segunda-feira.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Em MS, homem é autuado em R$ 65 mil por degradar área de córrego
ANAURILÂNDIA
Em MS, homem é autuado em R$ 65 mil por degradar área de córrego
TECNOLOGIA
Começa a valer hoje nova política de privacidade do WhatsApp
Foragido por aplicar golpe de R$ 30 mil em SP é detido no MS
REGIÃO
Foragido por aplicar golpe de R$ 30 mil em SP é detido no MS
Petrobras bate recorde de vendas de diesel S-10
ECONOMIA
Petrobras bate recorde de vendas de diesel S-10
BRASIL
Governo proíbe entrada de estrangeiros em voos provenientes da Índia
COPA DO BRASIL
Juventude AG enfrenta Umuarama Futsal com obrigação de vitória
PANDEMIA
MS tem quase 1,4 mil novos casos de coronavírus e outras 31 mortes pela doença
CAPITAL
Jovem sai para comprar narguilé e morre após colidir moto contra poste
BRASIL
Terremoto de 4.3 na Escala Richter é registrado no Pará
DOCUMENTAÇÃO
Primeira certidão de nascimento digital de preso indígena é emitida em MS

Mais Lidas

CORONAVÍRUS
Murilo Zauith passa por reabilitação e segue internado em SP
TRÁFICO DE DROGAS
Chefe do 'Comando Vermelho' e foragido há seis meses é preso em Dourados
DOURADOS
Criança encontrada morta apresentou problemas estomacais uma semana antes
CACHOEIRINHA
Polícia fecha ponto de distribuição de drogas e prende abastecedor