Menu
Busca domingo, 29 de março de 2020
(67) 9860-3221

Lula já está na Índia para visita de cinco dias

25 janeiro 2004 - 09h15

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou hoje às 3h40 (horário local) a Nova Déli, na Índia, iniciando uma visita de cinco dias ao país mais populoso do mundo. Lula chegou acompanhado da primeira-dama, Marisa Letícia, de vários ministros e até do ex-presidente da Argentina Eduardo Duhalde. O governador Zeca do PT, de Mato Grosso do Sul, integra a delegação brasileira. Já neste domingo o presidente começa a programação oficial da sua visita, encontrando-se com o primeiro-ministro indiano, Atal Behari Vajpayee, e o presidente Abdul Kalam. Lula vai participar das cerimônias de comemoração do Dia da República, a mais importante festa nacional indiana, e também visitará o Taj Mahal. A visita inclui ainda encontros com lideranças empresariais indianas e a assinatura de um acordo de redução de tarifas entre a Índia, que tem mais de um bilhão de habitantes, e o Mercosul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MATO GROSSO DO SUL
Bombeiros fazem alerta para aumento de 133% na quantidade de incêndios
DEFENSORIA PÚBLICA
DPU cria canal para denúncias durante o enfrentamento ao coronavírus
MATO GROSSO DO SUL
Calendário de vacinação e plano de ação contra aftosa são mantidos
BRASIL
Bolsonaro dá passeio em Brasília após Mandetta enfatizar isolamento
ACIDENTE
Motociclista morre ao colidir em touro em cidade do interior
ESTAVA NA PED
Mato-grossense é preso com por tráfico de drogas em Dourados
NOTA PREMIADA
Lista de ganhadores já está disponível para consulta
DOURADOS
Homem entra em veículo e anuncia assalto com arma de brinquedo; vídeo
COVID-19
Casos de coronavírus no Brasil em 29 de março
COXIM
Jovem de 17 anos esfaqueia tio por causa de buzina de carro

Mais Lidas

COVID-19
Saúde confirma coronavírus para mulher internada em Dourados e casos chegam a 28 em MS
COVID-19
Dourados confirma primeiro caso do novo coronavírus
COVID-19
Mulher de 52 anos é o 2º caso de coronavírus em Dourados, total no Estado é de 31
DOURADOS
Sindicato emite nota e diz que empregados foram obrigados a participar de ato