quinta, 13 de junho de 2024
Dourados
18ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Lula garantea Zeca que ferrovia da Novoeste será recuperada

28 outubro 2004 - 16h32

Depois de ouvir uma enfática explanação do governador Zeca do PT sobre as perspectivas que se abrirão com a recuperação do trecho ferroviário Baurú/Corumbá, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva garantiu hoje de manhã que o restabelecimento completo da ferrovia é uma das obras estratégicas para o desenvolvimento do país.“O presidente se sensibilizou com a importância do projeto e garantiu que fará todo o empenho para a agilização das obras”, disse o governador. O presidente determinou ao ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, que o restabelecimento das condições de transporte do trecho seja o ponto de partida de um amplo projeto de recuperação de ferrovias que o governo federal vai implementar em breve no país.“O processo começará por Mato Grosso do Sul”, afirmou Zeca do PT que entendeu o posicionamento do presidente como um sinal verde para a aceleração dos detalhes contratuais para definir um calendário efetivo e definitivo sobre as obras. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) participará do projeto emprestando à Brasil Ferrovias R$ 120 milhões a, a serem investidos na Novoeste para recuperar todo o trecho. O governador mostrou ao presidente o projeto e as fotografias dos vagões que estão sendo montados para fazer andar o Expresso Pantanal, o moderno trem turístico que fará o trajeto entre Campo Grande e Corumbá. “Esta será uma das grandes atrações turísticas do país. O Expresso Pantanal vai permitir o desenvolvimento do turismo contemplativo, gerando renda e emprego em Mato Grosso do Sul”, disse o governador. Segundo ele, o presidente mostrou-se sensível com as perspectivas econômicas que serão geradas com a ferrovia e prometeu acionar todos os assessores ligados ao projeto para acelerar o processo de recuperação do trecho. O governador demonstrou ao presidente que todos os estudos de viabilidade econômica indicam o funcionamento de um sistema de transporte ferroviário como condição essencial para os outros dois grandes projetos de desenvolvimento do Estado e do país _ os pólos gásquímico e o minerosiderúrgico de Corumbá. Além disso, o restabelecimento do trecho permitiria a ligação física de transporte entre os portos de Santos (SP) e Antofagasta (Chile), importante ligação para abrir o comércio através do Oceano Pacífico e dar um passo concreto rumo à integração da América do Sul, projeto estratégico que o próprio presidente Lula vem estimulando.O governador estava acompanhado dos parlamentares da bancada federal do PT- o senador Delcídio do Amaral e os deputados Vander Leoubet, João Grandão e Antônio Carlos Biffi - e do senador Ramez Tebet (PMDB).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 40 milhões nesta quinta-feira
LOTERIA

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 40 milhões nesta quinta-feira

ECONOMIA

Em novo recorde, Junta Comercial abriu 960 empresas em maio

Costa Rica bate Água Santa e salta para o 3º na Série D do Brasileiro
FUTEBOL

Costa Rica bate Água Santa e salta para o 3º na Série D do Brasileiro

GENEBRA

Lula tem evento da OIT e festa de 35 anos de livro de Paulo Coelho

Campo Grande e mais seis comarcas não terão expediente nesta 5ª
FERIADO

Campo Grande e mais seis comarcas não terão expediente nesta 5ª

REGIÃO

Policial militar de folga impede assalto de adolescentes em conveniência

TEMPO

Quinta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove

NOVA ANDRADINA

Justiça Militar absolve PMs acusados de agredir jornalista

PROJETO

Mulher estuprada que fizer aborto pode ter pena maior que estuprador

CAMPO GRANDE

Adolescente é apreendido por tentativa de homicídio e incêndio

Mais Lidas

JUNHO

Festa Junina de Dourados terá Maria Cecília & Rodolfo e outros sertanejos

TRÁFICO DE DROGAS

Morador em Dourados é preso com mais de 200 quilos de cocaína em São Paulo

JARDIM MARACANÃ

Almoço em família termina com agressão e tentativa de homicídio em Dourados

REGIÃO

Gaeco cumpre mandados durante operação em Douradina