Menu
Busca quarta, 12 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Lula ganhará R$ 200 mil por palestra a partir de março

24 janeiro 2011 - 10h42


Fora do poder, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva passou a conviver com uma situação financeira diferente daquela a que se acostumou nos últimos oito anos. Acabaram as mordomias e contas pagas pelo governo.

Para engordar o orçamento, Lula começará a fazer palestras em março. Até lá, escolherá a dedo os eventos que lhe interessam.
Já confirmou presença no aniversário de 31 anos do PT, em fevereiro, em Brasília. Ele voltará a ser presidente de honra do partido, mas sem remuneração pelo cargo.

Lula também é esperado para o Fórum Social Mundial (6 a 11 de fevereiro), no Senegal -sua primeira viagem internacional pós-Planalto.

Estima-se que o cachê de Lula por palestra deva superar R$ 200 mil (os convites são mantidos em sigilo).

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) ganha cerca de R$ 90 mil por evento e faz em média 30 palestras por ano.

Pela declaração de renda da campanha de 2006, Lula está em situação financeira confortável.

Seu patrimônio era de R$ 839.033,52, sendo R$ 474.586,17 em aplicações bancárias. Atualizado pela inflação, o valor chegaria hoje a R$ 1.036.921,51.

Se aplicasse R$ 10 mil mensais nos últimos quatro anos pela taxa Selic mais baixa, teria acrescentado R$ 629 mil ao patrimônio.
No governo, Lula tinha todas as despesas pagas pela Presidência e recebia uma remuneração de R$ 11.420,21.

Não abria a carteira para pagar viagens, plano de saúde, aluguel e supermercado.

Agora vive uma nova realidade: uma renda mais enxuta, cerca de R$ 9.000, segundo interlocutores do ex-presidente, provenientes de duas aposentadorias: uma pela perda do dedo (invalidez) e outra de anistiado político.

No Planalto, Lula já recebia os dois benefícios: com o salário de presidente, sua renda passava de R$ 20 mil.

Além disso, Lula tinha centenas de servidores no Planalto e nos palácios residenciais (Alvorada e Granja do Torto) e todas as despesas pagas pela Casa Civil.

Nos dois mandatos, os gastos pessoais e institucionais somaram cerca de R$ 56 milhões, pagos com cartões corporativos e sob a rubrica de "gastos sigilosos".

Lula perdeu o salário (até 1988, os ex-presidentes tinham direito a uma aposentadoria), mas os cofres públicos ainda bancam oito funcionários a seu serviço.

São quatro seguranças, dois motoristas e dois assessores, com salário de R$ 2.100 a R$ 9.000, além de dois carros oficiais e combustível à vontade.

Essas vantagens são vitalícias e valem para todos os ex-presidentes. As viúvas recebem uma pensão especial, equivalente ao salário dos ministros do STF que é, hoje, de R$ 26,7 mil.

Longe do Planalto, porém, Lula poderá ter revisada sua pensão da anistia, hoje em torno de R$ 3.500.

Ele deu entrada no processo de revisão, previsto em lei desde 2002. Mas ficou parado nos últimos anos, para evitar conflitos de interesse.

Nos próximos meses, o ex-presidente se dedicará à criação do Instituto Lula, na capital, e de seu memorial, talvez em São Bernardo.

Enquanto a nova entidade não fica pronta, Lula voltará ao Instituto Cidadania, esvaziado desde sua eleição.

A sede passa por reformas, mas deve sair de lá a formatação do novo instituto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia apreende comboio com nove veículos carregados de mercadorias ilegais
REGIÃO
Polícia apreende comboio com nove veículos carregados de mercadorias ilegais
Tira dúvidas do IR 2021: prazo de pagamento, soma de rendimentos, pecúlio
NEGÓCIOS & CIA
Tira dúvidas do IR 2021: prazo de pagamento, soma de rendimentos, pecúlio
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 27 milhões nesta quarta-feira
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 27 milhões nesta quarta-feira
Ministério aprova zoneamento agrícola de risco climático para soja em MS
SAFRA 2021/2022
Ministério aprova zoneamento agrícola de risco climático para soja em MS
Homem morre após ser encontrado ferido em frente de residência
DOURADOS
Homem morre após ser encontrado ferido em frente de residência
DOURADOS
Descontrolado, pastor xinga policiais por ser orientado a diminuir som de igreja
MS
Com 5 mil casos de Covid-19, sistema prisional mantém visitas suspensas
DOURADOS
Adolescente é apreendido com mala recheada de drogas na rodoviária
PANDEMIA
Anvisa determina vacinação apenas em grávidas e puérperas com comorbidades
ASSEMBLEIA DE MS
Na sessão desta quarta-feira, deputados devem apreciar seis projetos

Mais Lidas

PANDEMIA
Levado pela Covid-19, "João da União" deixa legado para família e em Dourados
INDÁPOLIS
'Frio' e com roupa ainda suja de sangue, assassino de tio não mostrou arrependimento ao ser preso
DOURADOS
Homem morre no HV após acidente com condutor que empinava moto
PANDEMIA
Novo decreto mantém toque de recolher às 21h e autoriza abertura de cinema em Dourados