Menu
Busca sábado, 28 de março de 2020
(67) 9860-3221

Lula ganha "Prêmio Berzoini de Crueldade" do PFL

05 fevereiro 2004 - 14h49

As gafes recorrentes do presidente Luiz Inácio Lula da Silva acabaram lhe rendendo o prêmio "Troféu Berzoini de Crueldade", criado pelo PFL para "identificar, denunciar e condenar ações que manifestem desprezo pelo cidadão". Dos 33.502 votantes, 46,4% escolheram o presidente Lula. A eleição aconteceu pela Internet, por meio da página do PFL, entre 1º de novembro e 31 de janeiro. O anúncio foi feito pelo vice-presidente do PFL, senador José Jorge (PE). Lula ganhou o prêmio por ter vetado, no ano passado, projeto de lei que destinava recursos do Fundef para instituições de ensino que cuidam de crianças portadoras de necessidades especiais. Na época, o presidente justificou sua decisão declarando que a lei contrariava os interesses nacionais. Após a repercussão negativa, o governo voltou atrás na decisão, mas, na avaliação do senador José Jorge, a "maldade" já havia sido feita. Por ter relacionado a violência no Centro-Sul do País a migração nordestina, o ex-ministro José Graziano ficou em segundo lugar, com 23,4% dos votos. Na seqüência aparecem José Dirceu (Casa Civil), que recebeu 13,4% por ter autorizado a importação de pneus usados da Argentina, Humberto Costa (Saúde), escolhido por 10,2% dos votantes por ter nomeado pessoas sem qualificação para comandar o hospital do câncer do Rio de Janeiro, e Jacques Wagner (ex-ministro do Trabalho), que recebeu 6,32% dos votos por dizer que o alarme com o desemprego é maior do que o drama. O senador José Jorge admite certa frustração com o resultado. Para ele o certo seria o troféu ser concedido ao ex-ministro José Graziano. "Votei no Graziano e pedi votos para ele. Sua declaração foi muito ofensiva ao povo nordestino. Agora, o presidente Lula ganhou porque ele mexeu com as crianças excepcionais", disse. Nos próximos dias, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva será notificado oficialmente pelo presidente nacional do PFL, senador Jorge Bornhausen (SC), da escolha dos internautas. No ofício vai ser informado de que o "Troféu Berzoini de Crueldade", uma escultura assinada pelo artista pernambucano José Ferreira, que simboliza uma pessoa com duas caras e chifres, está a sua disposição na sede nacional do partido, em Brasília. "Nós esperamos que o presidente vá buscar o prêmio ou, ao menos, mande um representante. O presidente, como um político antigo, experiente, sabe que isso faz parte das desvantagens do poder. Ele errou quando vetou esse projeto, então é natural que a população o tenha escolhido", disse José Jorge.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELDORADO
Dupla invade casa, faz família refém e foge com dinheiro e caminhonete
ESTADO
Estiagem e baixa umidade do ar devem predominar nos próximos meses
LAGUNA CARAPÃ
Veículo é apreendido seguindo para Santa Catarina com 70 kg de maconha
COVID-19
Alerta constante pode causar transtornos a profissionais de saúde
COSTA RICA
Bebê de dois meses cai de rede e sofre traumatismo craniano
Saúde e Bem-estar
5 motivos para você doar sangue
AQUIDAUANA
Quatro homens são autuados em R$ 10,4 mil por pesca predatória em MS
BELEZA E ESTÉTICA
6 dicas de como cuidar das unhas e fazer o esmalte durar mais
BRASIL
Governo lançará linha de antecipação de pagamento a fornecedores
ESTADO
Teletrabalho mobiliza servidores da SAD para cumprimento de metas anuais

Mais Lidas

COVID-19
Saúde confirma coronavírus para mulher internada em Dourados e casos chegam a 28 em MS
PANDEMIA
Bebê de três meses é novo caso confirmado de coronavírus em MS
DOURADOS
Sindicato emite nota e diz que empregados foram obrigados a participar de ato
BATAYPORÃ
Paciente com suspeita de coronavírus é internada em estado grave em Dourados