Menu
Busca sábado, 27 de fevereiro de 2021
(67) 99257-3397

Lula exige que ministérios aumentem investimentos

04 junho 2004 - 21h04

Insatisfeito com o baixo nível de investimentos de seu governo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva exigiu hoje, durante reunião ministerial em Brasília, um relatório mensal de gastos em investimentos e execuções orçamentárias dos ministérios. As informações são do ministro da Coordenação Política, Aldo Rebelo, que falou à imprensa logo após deixar a Granja do Torto. "O presidente cobrou dos ministros agilidade na execução dos programas de governo, acho que isso é um coisa importante para o desempenho da economia, a criação de empregos e a geração de renda", disse Rebelo, que relatou ainda que o presidente pediu empenho de todos ministros para ajudar na aprovação do salário mínimo de R$ 260 pelo Senado. Questionado se as determinações de Lula vão aumentar a pressão sobre os ministérios, o ministro da Ciência e Tecnologia, Eduardo Campos, disse que "sem dúvida é uma pressão sobre a máquina, sobre cada um de nós. Cabe a nós passarmos a pressão sobre cada equipe". Terminado o primeiro trimestre do ano, o Siafi (sistema de acompanhamento de gastos federais) registrava que a União investiu apenas 1,99% do total previsto no Orçamento de 2004. As áreas que mais contribuíram foram: saneamento, habitação, desporto e lazer, organização agrária e transportes. Os baixos investimentos permitiram ao governo Lula gerar em abril um superávit primário (receitas menos despesas, sem incluir gastos com juros) recorde de R$ 11,9 bilhões. Não fosse o pagamento da primeira das quatro parcelas do novo avião presidencial encomendado por Lula, que consumiu quase R$ 47 milhões em fevereiro, os investimentos públicos nem teriam alcançado R$ 100 milhões até a data do último levantamento disponível. Na ocasião da divulgação das despesas no trimestre, o Ministério do Planejamento considerou normal o ritmo de gastos que vem ocorrendo. A avaliação levada ao presidente da República considera o conjunto de gastos com investimentos e manutenção da máquina --chamados de custeio).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dourados receberá carreta do Hospital do Amor em março
PREVENÇÃO
Dourados receberá carreta do Hospital do Amor em março
Acordo com MPE prevê multa e exoneração de servidores
REGIÃO
Acordo com MPE prevê multa e exoneração de servidores
Servidor condenado por improbidade não pode ter aposentadoria cassada em decisão judicial
STJ
Servidor condenado por improbidade não pode ter aposentadoria cassada em decisão judicial
Sul-mato-grossense é multado por degradação ambiental em balneário particular
BODOQUENA
Sul-mato-grossense é multado por degradação ambiental em balneário particular
Prefeitura empenhou R$ 253 milhões para despesas no primeiro bimestre
DOURADOS
Prefeitura empenhou R$ 253 milhões para despesas no primeiro bimestre
STF
Barroso mantém andamento de PEC da Imunidade, mas alerta sobre necessidade de aperfeiçoar texto
ESTADO
Carreta da Justiça atende Corguinho no início de março
DOURADOS
Prefeitura arrecadou mais de R$ 133 milhões em fevereiro
BRASIL
Museu da Língua Portuguesa será reinaugurado no dia 17 de julho
PANDEMIA
Após 11 meses do primeiro caso, Dourados perdeu uma vida a cada 80 diagnósticos de Covid-19

Mais Lidas

DOURADOS 
Operação desarticula quadrilha especializada em furtos de máquinas agrícolas
DOURADOS 
Mulher é esfaqueada na região central e encaminhada ao HV em estado grave
PARAGUAI
Quadrilha é presa com 1,4 tonelada de cocaína e até avião na fazenda de Pavão
DOURADOS 
Mulher que esfaqueou rival é autuada em flagrante por tentativa de homicídio