Menu
Busca quarta, 05 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Lula diz que fome deve ser tratada como problema político

20 setembro 2004 - 20h00

Em discurso na reunião de Líderes Mundiais para Ação contra Fome e a Pobreza na sede da Organização das Nações Unidas (ONU) em Nova York, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que a fome é um problema social que precisa urgentemente ser tratada como um problema político. "Esta reunião é para somar os esforços de nações, povos, sociedade e pessoas em torno de um objetivo comum: combater a fome e a pobreza que ainda afligem tantos homens, mulheres e crianças no mundo. O fato de estarmos aqui líderes de mais de 50 povos e nações já faz crescer a nossa esperança. É um gesto forte e concreto no rumo de uma aliança mundial contra a fome e a pobreza", disse Lula em discurso na ONU. A reunião foi organizada por Lula, e pelos presidentes da França, Jacques Chirac, do Chile, Ricardo Lagos, e pelo o chefe do governo espanhol, José Luiz Rodriguez Zapatero. Lula disse que em 2000 foram estabelecidas coletivamente as Metas do Milênio, dando o necessário destaque à erradicação da fome. "Elas são justas e viáveis, mas podem tornar-se letra morta por falta de vontade política", disse. "Não podemos permitir que isso aconteça. Seria uma frustração tremenda para a grande parcela da humanidade, com danos gravíssimos à própria paz mundial", acrescentou. Lula ressaltou que o Brasil está fazendo sua parte e afirmou que o Fome Zero é um objetivo irrenunciável, que o governo tem perseguido com obstinação. "Combinamos medidas emergenciais com soluções estruturais, mobilizando todos os instrumentos disponíveis", observou. Ele também citou o Bolsa Família e disse que esse programa já incluiu 5 milhões de famílias pobres, o equivalente a mais de 20 milhões de pessoas. Citou também a redução de impostos sobre alimentos de consumo popular e o programa de financiamento da agricultura familiar, além de o governo estar implantando um novo programa de reforma agrária. "Estamos trabalhando com a sociedade civil para cumprir as metas do milênio". O presidente reconheceu que vários países também estão fazendo esforços consideráveis para combater a fome. Mas advertiu que essa não é uma tarefa que os povos possam cumprir isoladamente. "O que existe no mundo é fome de inclusão social, de oportunidades econômicas e de participação democrática. Uma política de combate à fome - imprescindível à inclusão social pela qual lutamos - supõe a retomada sustentada do crescimento econômico, com expansão do emprego e da renda de vastos segmentos de nossa sociedade, que hoje se encontram à margem da produção, do consumo e da cidadania. Supõe também reduzir as profundas assimetrias da economia mundial, para equilibrar o relacionamento comercial entre as nações e atenuar as pressões financeiras entre os países em desenvolvimento", afirmou. Lula disse que o desafio do combate à fome é tão grande que exige humildade para reconhecer que não há soluções prontas, nem fórmulas mágicas. "A pior resposta ao drama da fome é não dar resposta nenhuma. Apelo aos governos, organizações sociais, sindicatos e empresas para que reafirmem e ampliem seu compromisso, constituindo uma vigorosa parceria global pela superação da pobreza", afirmou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FRONTEIRA
Casal suspeito de roubo de carros é cercado e homem queimado vivo
SELIC
Copom eleva taxa básica de juros de 2,75% para 3,5% ao ano
Homem incendeia 48 hectares e é autuado e multado em quase R$ 50 mil
CRIME AMBIENTAL
Homem incendeia 48 hectares e é autuado e multado em quase R$ 50 mil
Em dia com 10 mortes, Dourados continua com fila de espera em leitos UTI Covid
PANDEMIA
Em dia com 10 mortes, Dourados continua com fila de espera em leitos UTI Covid
Ex-prefeito de Campo Grande é preso por corrupção e lavagem de dinheiro
JUSTIÇA
Ex-prefeito de Campo Grande é preso por corrupção e lavagem de dinheiro
FUTEBOL
DAC vence Operário de virada no Douradão e embola briga pelo título Estadual
DOURADOS
Mulheres vítimas de violência doméstica terão prioridade nos programas habitacionais do município
INFRAESTRUTURA
Novos investimentos serão anunciados em Dourados, diz Sérgio Murilo
COTAÇÃO
Dólar fecha em queda no dia de decisão sobre taxa básica de juros
ASSEMBLEIA
Deputado testa positivo para Covid e tem 50% do pulmões comprometidos

Mais Lidas

INVESTIGAÇÃO
Homem é preso suspeito de estuprar quatro sobrinhas em Dourados
DOURADOS
Fumaça em estrada causa colisão entre caminhões e leva transtorno a moradores; vídeo
PANDEMIA
Decreto reduz toque de recolher em Dourados na semana do Dia das Mães
REGIÃO
Mãe e filha são executadas em locais diferentes na fronteira