Menu
Busca quarta, 14 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Lula decide tirar Meirelles da presidência do Banco Central

01 julho 2005 - 10h26

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva já tomou a decisão de afastar Henrique Meirelles da presidência do Banco Central. O provável substituto deverá ser mesmo Murilo Portugal, secretário-executivo da Fazenda.A mudança deverá ser feita com a reforma ministerial que está sendo preparada pelo governo. Segundo a Folha apurou, Meirelles já teria sido informado da mudança.A troca de guarda no BC faz parte de uma mudança na política econômica que Lula se mostra disposto a fazer não só para fazer a economia voltar a crescer como para debelar a atual crise política. A volta do crescimento econômico seria o melhor remédio.Para pôr em prática essa estratégia, Lula acha que um caminho poderia ser o de adotar o plano proposto há alguns dias pelo deputado Delfim Netto (PP-SP) durante um jantar na casa do ministro da Fazenda, Antonio Palocci.O que encantou Lula foi o fato de Delfim ter elaborado uma proposta capaz de proporcionar o principal objetivo hoje do governo, que é o de reduzir a taxa de juros, considerado o principal entrave para o crescimento.O plano de Delfim consiste basicamente em fazer uma emenda constitucional criando uma regra que limita o crescimento dos gastos de custeio ao teto da inflação. Ou seja, os gastos com custeio não poderiam crescer mais do que a inflação, e isso por medida constitucional. Os investimentos estariam livres desta regra. Com isso, Delfim espera zerar o déficit nominal em seis anos.No entender de Delfim, uma emenda constitucional nesse sentido daria suficiente confiança aos agentes econômicos de que o governo iria controlar os seus gastos. Isso permitiria ao Banco Central começar a baixar os juros mais rápido do que se prevê.Para o plano de Delfim ser bem-sucedido, a queda dos juros é fundamental. São os juros os principais responsáveis pelo déficit nominal do país, hoje na casa dos 2,5% do PIB.Lula criou um grupo de trabalho para debater a proposta de Delfim com a sociedade. O grupo é composto pelo próprio Delfim, por Guido Mantega, presidente do BNDES, e o líder do governo no Senado, Aloizio Mercadante.Na próxima terça, o grupo terá sua primeira reunião, em Brasília, com a participação de uma série de autoridades e empresários.Durante a discussão dessa proposta, no entanto, o governo chegou à conclusão de que Meirelles, que já está sendo investigado pelo STF (Supremo Tribunal Federal), não seria o nome mais indicado para estar à frente do BC para tocar essa mudança na política econômica. A opinião de muitos do governo é a de que Meirelles não teria força suficiente para convencer os diretores do BC da necessidade de baixar os juros.Pouco tempo atrás, Lula chegou a convidar Fábio Barbosa, presidente do ABN Amro, para o cargo, mas ele negou. A idéia era Palocci substituir José Dirceu na Casa Civil, Murilo Portugal assumir a Fazenda e Barbosa ficar à frente do Banco Central.O plano, no entanto, não foi para a frente. Palocci se tornaria ainda mais poderoso que é. Lula preferiu optar por Dilma Rousseff no lugar de Dirceu e equilibrar mais as forças dentro do governo. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Estado faturou US$ 355 milhões com exportações de milho e soja no trimestre
AGRONEGÓCIO
Estado faturou US$ 355 milhões com exportações de milho e soja no trimestre
LEGISLATIVO
Deputados devem analisar cinco projetos durante a sessão desta quarta-feira
Veículo usado para transportar corpo de colombiano passará por perícia
DOURADOS
Veículo usado para transportar corpo de colombiano passará por perícia
CAMPO GRANDE
Briga por celular acaba com homem espancado com muleta por sobrinho
O clima seco aumenta o número de pessoas com problemas oculares
SAÚDE & BEM-ESTAR
O clima seco aumenta o número de pessoas com problemas oculares
REGIÃO
Após denúncia, trio é preso e polícia apreende quase 250 kg de maconha
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 33 milhões nesta quarta-feira
INVESTIGAÇÃO
Carreta usada por quadrilha desmantelada em MS é apreendida na BR-163
INFORME PUBLICITÁRIO
Colchão de massagem Relax Life ajuda na imunidade e a tratar dores, por apenas R$ 1.390
POLÍTICA
Juíza cassa mandato de vereador que usou R$ 5 mil da cota feminina

Mais Lidas

RIO BRILHANTE
Soldado da Polícia Militar é encontrado morto no interior de residência
IZIDRO PEDROSO
Estado doará terrenos e busca parceria para construir casas populares em Dourados
DOURADOS
Homem encontrado morto pode ter envolvimento em esquema de agiotagem internacional
CASA PRÓPRIA
Prefeitura abre recadastramento habitacional em Dourados