Menu
Busca quinta, 28 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Livro 'Manoel de Barros: o brejo e o solfejo' será lançado amanhã

10 dezembro 2009 - 09h07

O governo do Estado de Mato Grosso do Sul por meio de sua Fundação de Cultura lança amanhã, o livro "Manoel de Barros: o brejo e o solfejo", de autoria do professor Marcelo Marinho e dos egressos da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), às 19h30, na Galeria Wega Nery do Centro Cultural José Octávio Guizzo.
A publicação subsidiada pelo Fundo de Investimentos Culturais (FIC), corresponde à segunda edição, revista e ampliada, do livro publicado inicialmente pelo Ministério da Integração Nacional no ano de 2002, em conjunto com um consórcio de universidades do Centro-Oeste. A versão atual resulta de uma coedição entre a Editora Universa, de Brasília e a Letra Livre, de Campo Grande.
Essa coletânea de textos, de autoria de docentes e egressos da UCDB, desenvolve diferentes possibilidades de interpretação para o conjunto da obra de Manoel de Barros, poeta de renome internacional. Bibliotecas de escolas públicas municipais e estaduais receberão 400 exemplares, gratuitamente, para inclusão em seus acervos, uma vez que essa obra poética é de grande relevância para a construção da identidade cultural sul-mato-grossense.
Apesar da profunda relevância da obra de Manoel de Barros para a cultura e a identidade nacionais, ainda são raros e pouco divulgados os estudos relativos a essa poesia. A segunda edição desta coletânea – agora revista e ampliada – vem dar continuidade ao preenchimento de uma importante lacuna dos estudos literários brasileiros. Os estudos agrupados no livro tratam de noções como linguagem infantil e poesia demiúrgica, arte e erotismo, poética do devaneio, metalinguagem, niilismo, imagens do pantaneiro, cinema de poesia, assim como, por fim, brasilidade e literatura.
Os autores são os egressos: Edna Pereira Menezes, Emanuela Maria Gemignani Ramires, Fábio Mazziotti Pereira, Magda Martins Magalhães, Osney Fernandes dos Santos, Silvia Letícia Germano do Amaral, Soraia Ramos Corrêa, Thalita Melotto e o docente Marcelo Marinho.
Marcelo Marinho é doutor em Literatura Comparada pela Sorbonne em Paris. Leciona atualmente em cursos de graduação e de pós-graduação na Universidade Católica Dom Bosco. Formou-se em Letras Modernas e em Literatura Comparada pela Sorbonne. Especializado em Guimarães Rosa e Manoel de Barros, publicou livros e artigos de crítica literária no Brasil e no exterior.
A noite de autógrafos do livro terá atrações musicais e os exemplares serão oferecidos por R$ 20, aos participantes do evento. Outras informações podem ser obtidas no Centro Cultural José Octávio Guizzo, na rua 26 de Agosto, 453 ou pelo telefone (67) 3317-1792.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MERCADO DE TRABALHO
Quase 7 mil postos de trabalho são fechados somente em abril em Mato Grosso do Sul
POLÍTICA
TJ absolve ex-deputado estadual em caso de “servidora fantasma”
MATO GROSSO DO SUL
Beneficiários são notificados por abandono, locação e cedência de unidades habitacionais
DOURADOS
Plano de saúde é condenado por não fornecer medicamento a gestante
LEGISLATIVO
Isenção de ICMS sobre subvenção tarifária é validada pela AL
BATAGUASSU
Homem é preso por furtar GPS de veículo oficial
ECONOMIA
Auxílio emergencial com valor menor pode custar R$ 17 bi por mês
DOURADOS
Audiências de prestação de contas do município acontece nesta sexta-feira
JUSTIÇA E SAÚDE
Revogada portaria com punições a quem descumpria quarentena
EFEITO COVID-19
Consultas para tratamento do câncer diminuem 30% em hospital de Campo Grande

Mais Lidas

DOURADOS
Paciente com suspeita de coronavírus afasta mais de 20 profissionais da saúde no HV e UPA
PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher