Menu
Busca sexta, 16 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Líbia confirma possuir armas de destruição em massa

20 dezembro 2003 - 16h19

A Líbia declarou possuir um programa de armas de destruição em massa e ter a intenção de destruí-lo, segundo o primeiro-ministro britânico, Tony Blair.O premiê disse que a decisão foi tomada pelo coronel Muammar Gaddafi e que é uma decisão que ele "aplaude".Segundo Blair, a admissão da Líbia foi feito em março e desde então os dois países vinham negociando secretamente o abandono pela Líbia de seu programa.As negociações começaram depois de a Líbia ter aceitado pagar uma indenização para as vítimas do atentado contra um avião Pan Am, que caiu sobre a cidade de Lockerbie, na Escócia. Ainda de acordo com Blair, a Líbia vai aderir aos tratados internacionais de controle de armas e aceitará inspeções de agências internacionais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Pandemia pode manter níveis críticos ao longo de abril, diz Fiocruz
BRASIL
Pandemia pode manter níveis críticos ao longo de abril, diz Fiocruz
Polícia civil realiza incineração de droga avaliada em mais de R$ 300 mil
MS
Polícia civil realiza incineração de droga avaliada em mais de R$ 300 mil
JARDIM
Ao limpar arma, jovem atira no próprio pé e, por não ter autorização para posse irá para delegacia
SES lança serviço de consulta a resultados de exames da Covid-19 no site
MS
SES lança serviço de consulta a resultados de exames da Covid-19 no site
Veículos com 450 pacotes de cigarros contrabandeados são apreendidos
MS-164
Veículos com 450 pacotes de cigarros contrabandeados são apreendidos
ARTIGO
Lulalá
DOURADOS
Motociclista é preso após passar 'fumando um baseado' ao lado de viatura
REGIÃO
Homem morre após ser atropelado por moto em Vicentina
DOURADOS
Condenado por tráfico e demitido, guarda é classificado como excepcional
REGIÃO
Homem morre no Hospital da Vida duas semanas após acidente de moto

Mais Lidas

DOURADOS
Veículo usado para transportar corpo de colombiano passará por perícia
CRIME AMBIENTAL
Goiano preso com minhocas terá que pagar multa de quase meio milhão de reais
AMEAÇA DE EXTINÇÃO
Após passar por MS, homem é preso com mudas raras que seriam vendidas na Bolívia
DOURADOS
Funsaud oficializa saída de diretor médico da UPA após denúncia de escala sem plantonista