Menu
Busca terça, 02 de março de 2021
(67) 99257-3397

Leite em pó falsificado matou dezenas de bebês

23 abril 2004 - 13h04

O governo chinês ordenou uma limpeza em seu mercado de remédios e alimentos e prometeu dar assistência médica a bebês desnutridos, vítimas de alimentos infantis falsificados, segundo informou, hoje, a Agência Nova China. A inquirição sobre o problema generalizado de alimentos e remédios falsificados segue-se a relatos de mortes por desnutrição de dezenas de bebês alimentados com contrafações e a descoberta de que muitas marcas de leite em pó no mercado estavam fora dos padrões, conforme fontes oficiais chinesas.No início da semana, o premier Wen Jiabao exigiu investigações e “punições severas” dos responsáveis pelas contrafações de produtos lácteos, muitos dos quais quase não possuem valor nutricional algum.Ontem, a imprensa estatal revelou que a polícia deteve cinco atacadistas suspeitos de vender produtos infantis adulterados na província de Anhui, no leste da China, onde as mortes ocorreram. Entre 50 e 60 crianças morreram de desnutrição depois de serem alimentados com leite em pó.Wen prometeu atendimento médico para as vítimas sobreviventes, que na maioria vivem na cidade de Fuyang, em Anhui, segundo a Nova China. Alimentadas apenas com leite em pó barato, as crianças desenvolveram cabeças desproporcionais enquanto os corpos se mantiveram mirrados em virtude da desnutrição. Até agora, os relatórios oficiais citam 171 casos de crianças sofrendo de desnutrição em razão do leite em pó consumido, duas ainda hospitalizadas. Anteriormente, as autoridades haviam dito que as famílias dos bebês mortos receberiam 10.000 iuanes (US$ 1.200) cada.Muitas das crianças prejudicadas pelas contrafações eram filhos de fazendeiros pobres e sem educação formal, com pouco entendimento de nutrição e dos perigos dos produtos falsificados.O Departamento de Administração de Drogas e Alimentos chinês, o Ministério da Saúde Pública e Ministério do Comércio abriram uma sindicância para descobrir a extensão do problema. Averiguações de mercado em Fuyang encontrou 45 tipos de marcas de leite em pó fora do padrão, produzidos por 141 fábricas espalhadas pelo país. Foram registrados, também, casos em outras províncias. AE-AP

Deixe seu Comentário

Leia Também

UFGD
Federal de Dourados oferece cursos de inglês e japonês
Secretaria de saúde deve abrir novos leitos de UTI para pacientes de Covid
DOURADOS
Secretaria de saúde deve abrir novos leitos de UTI para pacientes de Covid
Homem vai a júri por matar idoso com cadeiradas há quase oito anos em Dourados
SANTA BRÍGIDA
Homem vai a júri por matar idoso com cadeiradas há quase oito anos em Dourados
Quem vai se responsabilizar por eventual contaminação de trabalhadores em educação e estudantes?
INFORME PUBLICITÁRIO
Quem vai se responsabilizar por eventual contaminação de trabalhadores em educação e estudantes?
BRASIL
Receita recebe 438 mil declarações do IR no primeiro dia de entrega
DOURADOS
Vereador cita pedido de desculpas do prefeito após ser anunciado como vice-líder do governo
ASSEMBLEIA DE MS
Deputados devem votar quatro matérias na primeira sessão do mês de março
TRÁFICO
Polícia apreende em São Paulo quase 4 toneladas de maconha que saiu do MS
FUTSAL
Juventude encara times da região Sul do país na Liga Nacional
DOURADOS 
Completando 40 dias fora da PED, homem é preso por tentativa de furto

Mais Lidas

ACIDENTE
Veículo pega fogo ao colidir em coqueiro entre Dourados e Itaporã
PRÓXIMO AO TRANSBORDO
Nova 'cracolândia': comerciantes relatam medo e ameaças no centro de Dourados
DOURADOS
Jovem colide moto e embriagado tenta fugir do hospital, mas é detido
DOURADOS 
Preso após agredir esposa, homem é investigado por engravidar a própria filha adolescente