Menu
Busca domingo, 13 de junho de 2021
(67) 99257-3397

Lei de Humberto altera hábitos de alunos nas escolas

30 maio 2006 - 12h05

No Dia Mundial Sem Tabaco, celebrado nesta quarta-feira, dia 31 de maio, a população sul-mato-grossense tem um motivo a mais para comemorar, principalmente a comunidade escolar. Desde outubro do ano passado, a Lei nº 3.071 que proíbe o consumo de cigarro no perímetro das escolas públicas e privadas do Estado vem mudando o comportamento de alunos e funcionários dentro das instituições de ensino.De autoria do deputado estadual Humberto Teixeira (PDT), a proposta tem a finalidade de evitar que estudantes sejam incentivados por aqueles que já têm o hábito de fumar. A medida também impede que pessoas que não fumam sejam prejudicadas pela fumaça do cigarro de quem tem o vício enquanto estiverem dentro do colégio.Desde o final de 2005 avisos que proíbem o ato de fumar dentro da escola estão espalhados por vários setores dos colégios. As placas também informam os malefícios causados pelo cigarro. “A lei acabou reduzindo a freqüência com que nossos alunos fumam quando estão no colégio. Agora eles só acendem o cigarro quando estão fora da escola”, comentou o diretor da escola de Educação para Jovens e Adultos Professora Ignês de La Mônica Guimarães de Campo Grande, João Carlos Lopes de Souza.Para Souza, entre os principais benefícios da lei de Humberto Teixeira está o fato de evitar que as pessoas que não fumam sejam afetadas pela fumaça de quem tem este hábito. O cigarro aceso é um dos poluidores de ar mais prejudicial à saúde. A pessoa em contato com esta fumaça pode apresentar irritação nos olhos, garganta e nariz, dor de cabeça, tosse e ainda tem mais chance de desenvolver câncer.Na escola Delfina Nogueira de Souza, de Nova Alvorada do Sul, a lei de Humberto Teixeira veio sustentar um hábito que já era comum no colégio. Conforme explicou a diretora Onizia Aparecida Rocha, as pessoas não tinham o costume de fumar dentro do colégio. “Todos aqui aprovaram esta proposta. E agora que as pessoas sabem que é proibido, respeitam ainda mais as outras e só acendem o cigarro quando estão fora do espaço da escola”, declarou.O Dia Mundial Sem Tabaco foi criado pela organização Mundial de Saúde (OMS) para alertar as pessoas sobre os males causados pelo fumo. Cerca de 100 países que aderem ao controle de tabagismo no mundo aproveitam a data para se mobilizar e promover estratégias que reduzam os grandes malefícios do fumo na saúde das pessoas. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mega-Sena 'Namorados': uma aposta acerta as seis dezenas e ganha R$ 43 milhões
LOTERIA
Mega-Sena 'Namorados': uma aposta acerta as seis dezenas e ganha R$ 43 milhões
Com 43 municípios em risco extremo, começa a valer nova classificação do Prosseguir
PANDEMIA
Com 43 municípios em risco extremo, começa a valer nova classificação do Prosseguir
Domingo tem tempo ameno e máxima não passa de 24 graus
CLIMA
Domingo tem tempo ameno e máxima não passa de 24 graus
Queiroga anuncia chegada de 3 milhões de doses da vacina Janssen
SAÚDE
Queiroga anuncia chegada de 3 milhões de doses da vacina Janssen
Historiadora traça paralelo entre a gripe espanhola e a pandemia de Covid-19 em evento do STF
BRASIL
Historiadora traça paralelo entre a gripe espanhola e a pandemia de Covid-19 em evento do STF
BRASIL
Covid-19: projeto oferece apoio psicológico online para superar o luto
ESPORTE
Olimpíada: Fernando Reis e Jaqueline Ferreira se classificam
BRASIL
Prova de vida pode ser feita sem sair de casa
DOURADOS
Defron desarticula entreposto de cocaína no Campo Dourado
MS
Cargas de 164 m³ de carvão ilegal motivam multa de R$ 49,2 mil em empresa carvoeira

Mais Lidas

FLEXIBILIZAÇÃO
Decreto que libera atividades comerciais a partir de domingo é publicado
EMOCIONATE
VIDEO: Recuperada da Covid-19, douradense é recebida pela mãe em Rondônia
LOCKDOWN
Decreto flexibiliza atendimento via delivery no Dia dos Namorados em Dourados
LOCKDOWN
Fiscalização encontra funcionários dentro de filial das Casas Bahia em Dourados