Menu
Busca quarta, 05 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Leão confirma Júnior e Tardelli para o clássico de domingo

17 setembro 2004 - 19h17

No treino coletivo desta sexta-feira à tarde, o primeiro após o empate com o São Caetano, o técnico Emerson Leão promoveu duas mudanças no time: Júnior entrou na lateral esquerda, no lugar de Fábio Santos, e Diego Tardelli barrou Jean no ataque. Júnior fará sua estréia pelo time tricolor domingo, contra o Corinthians, mesmo participando de só um treino com todo o elenco. O meia Nildo e o volante Zé Ramalho, que também foram apresentados na última segunda-feira, treinaram entre os reservas e já devem ficar no banco. Com o novo lateral em campo, Leão terá agora dois alas ajudando os atacantes. Antes, só Cicinho exercia esta função. Mas ambos não vão descer ao ataque ao mesmo tempo. A intenção do treinador é formar duas linhas com três atletas à frente da zaga. Ora com Júnior ao lado de César Sampaio e Alê, ora com Cicinho."Essa formação com três na zaga me agrada. Joguei muito tempo assim no Parma", avisou o lateral Júnior, que não disputa uma partida oficial há mais de um mês. A outra novidade na atividade foi a presença de Diego Tardelli entre os titulares. O atacante havia perdido a posição para Jean, que não agradou no empate com o São Caetano e saiu no intervalo, para a entrada do venezuelano Rondón. Tardelli ainda vive uma fase de afirmação no clube. Ele foi titular na estréia do técnico Leão, na vitória sobre o Paraná. Não agradou e foi para a reserva nos empates com Cruzeiro e São Caetano. Domingo, ele fará dupla de ataque com Grafite. A última partida da dupla foi na derrota para o Coritiba (3 a 2), no Morumbi, quando Cuca ainda era o comandante. Tardelli marcou dois gols no Brasileiro. Defesa O técnico Emerson Leão não esconde: prefere zagueiros que "jogam sério" aos chamados "clássicos". Hoje no CCT, o treinador falou como os atletas devem se portar no setor defensivo. "Não sou adepto a zagueiros muito clássicos. É claro que, com habilidade, ele terá mais recursos. Mas para isso o zagueiro precisa estar no tempo certo e às vezes não é o que acontece", disse. Rodrigo, considerado o mais técnico do trio de zagueiros formado também por Lugano e Fabão, concordou com a postura de Leão. "Ele chegou aqui deixando bem claro que gosta de zagueiros que destroem. Está certo. Ali não é lugar de brincar. Quando dá para sair jogando, tudo bem, mas quando não dá, é bola para o mato", afirmou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ambiental apreende armadilha de caça de animais silvestres de grande porte 
NAVIRAÍ
Ambiental apreende armadilha de caça de animais silvestres de grande porte 
BRASIL
Bolsonaro veta prorrogação para entrega de declaração do Imposto de Renda
Dupla é presa arremessando vodca, uísque e carne para dentro de presídio
Trabalhadores da educação, transporte e limpeza com 55 anos já podem se vacinar
IMUNIZAÇÃO
Trabalhadores da educação, transporte e limpeza com 55 anos já podem se vacinar
CAPITAL
Técnica em enfermagem denuncia colega por falsificar declaração de vacina
AVANÇO DA PANDEMIA
Brasil registra mais 2.791 mortes por Covid; média móvel aponta estabilidade
PONTA PORÃ
PMR recupera caminhonete roubada e apreende arma de fogo
SENADO
CPI da Covid convoca Ernesto Araújo, Wajngarten e representantes de vacinas
CAPITAL
Professor é preso acusado de estuprar cinco alunas em lar beneficente
REGIÃO
Abertas inscrições para seleção de estagiários de Direito em Bela Vista

Mais Lidas

INVESTIGAÇÃO
Homem é preso suspeito de estuprar quatro sobrinhas em Dourados
DOURADOS
Fumaça em estrada causa colisão entre caminhões e leva transtorno a moradores; vídeo
PANDEMIA
Decreto reduz toque de recolher em Dourados na semana do Dia das Mães
REGIÃO
Mãe e filha são executadas em locais diferentes na fronteira