Menu
Busca quarta, 12 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Leão chega e avisa ao plantel tricolor: Quer muita disciplina

03 setembro 2004 - 18h54

Os jogadores do São Paulo podem ir se preparando para novos tempos no Morumbi. O técnico Emerson Leão fez um alerta assim que foi apresentado oficialmente, no início da tarde desta sexta-feira, no centro de Treinamento do clube, como o novo treinador da equipe para o restante da temporada. Vai exigir disciplina. "Marquei 11h15 com o Juvenal (vice-presidente de Futebol) e cheguei 11h14. Às 12 horas, como combinado, estava concedendo entrevista e isso não foi difícil de realizar. Creio que se você tem um compromisso, deve se programar para tal com organização e isso que cobrarei de meus atletas", disse Leão. O novo treinador vai encontrar um ambiente conturbado. Abalado pelos últimos resultados - que determinaram, inclusive, a saída do técnico Cuca - o elenco parece dividido. O goleiro Rogério Ceni chegou a criticar o atacante Grafite - que revidou na primeira oportunidade que teve. Outros focos de insatisfação foram identificados no grupo, numa indicação de que isso pode ter contribuído para a queda de produção da equipe (o time já foi líder e hoje é o sétimo colocado). Mas Leão sabe exatamente o que vai encontrar. O treinador contou aos repórteres que conversou com Cuca na noite de ontem, logo depois de acertar sua ida para o São Paulo. E pediu informações sobre o elenco. "Na conversa, ele me disse das carências e das necessidades do time. Eu falei do respeito que tenho por ele e posso dizer que foi muito bom para iniciar o trabalho. Sei que temos problemas e estou aqui para encontrar soluções". Ao ser questionado se estava realizando um sonho (dirigir o São Paulo), Leão não fez demagogia. "Se eu disser que foi uma realização de um sonho é porque depois disso posso me aposentar. O que está acontecendo hoje é o reconhecimento do trabalho que fiz em outros clubes. O São Paulo é uma das coisas que faltavam na minha carreira e que ainda será muito longa. Como treinador conversamos três vezes, mas não havia dado certo, como jogador também quase atuei aqui. Hoje tenho a oportunidade de mostrar meu trabalho e espero ficar muito tempo", disse. O São Paulo é o terceiro clube de Leão neste ano. Até início de maio, ele dirigiu o Santos. Em seguida, foi para o Cruzeiro, onde ficou por apenas 13 partidas (7 derrotas, 1 empate e 5 vitórias). A estréia do novo treinador está programada para o dia 8, no jogo contra o Paraná em Curitiba.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Corpo encontrado em lagoa fica sobre "reboque" até chegada da polícia
COXIM
Corpo encontrado em lagoa fica sobre "reboque" até chegada da polícia
TEMPO
Quarta-feira nublada com possibilidade de chuva em Dourados
RECURSO PRIVILEGIADO
Ação contra exclusão de multas no Detran prende um com CNHs falsas
SENADO
Aprovado caráter permanente do Programa se apoio às Microempresas 
Caminhão tomba e espalha carga de soja sobre rodovia
CAPITAL
Caminhão tomba e espalha carga de soja sobre rodovia
DOURADOS
Campanha do Agasalho arrecada 600 quilos e supera meta inicial
CLIMA
Inmet alerta Dourados para perigo de chuvas intensas e declínio de temperatura
Pedreiro é condenado a pagar R$ 50 mil por estuprar enteada de 13 anos
CAIXAS
Saúde distribui térmicas para municípios transportarem vacinas
NOVA ALVORADA
Vizinhos sentem falta e homem encontra corpo do irmão em decomposição

Mais Lidas

PANDEMIA
Levado pela Covid-19, "João da União" deixa legado para família e em Dourados
INDÁPOLIS
'Frio' e com roupa ainda suja de sangue, assassino de tio não mostrou arrependimento ao ser preso
DOURADOS
Homem morre no HV após acidente com condutor que empinava moto
PANDEMIA
Novo decreto mantém toque de recolher às 21h e autoriza abertura de cinema em Dourados