Menu
Busca quarta, 15 de julho de 2020
(67) 99659-5905

Ladrões furtam residência rural e acabam presos

10 dezembro 2003 - 13h59

Wilson José da Silva, 20 anos e Sandro Márcio dos Santos Mota, 21 anos< ambos residentes no distrito de Indápolis, foram presos na manhã de hoje, pela Polícia Civil de Dourados, acusados de terem furtado na madrugada do último domingo a residência de Paulo Arazurosco de Oliveira, 43 anos, localizada na linha do Barreirão, km 04.De acordo com informações da Polícia, de posse deles foram encontrados os seguintes objetos: um vídeo-cassete, uma televisão em cores de 20 polegadas, várias peças de roupa, dois telefones celulares, alguns calçados, além de vários frascos de perfumes, todos furtados do interior da residência.Eles foram encaminhados ao 1º Distrito Policial de Dourados, onde foram ouvidos, indiciados e em seguida liberados para responder o processo em liberdade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPERAÇÃO CONTÁGIO
Prefeitura de Dourados afasta procurador, servidores e secretários investigados pelo MPE
DOURADOS
Mesmo com pouca chuva, CCZ intensifica trabalho contra a dengue
REGIÃO
Camionete com placas de Minas Gerais é recuperada por policiais em MS
CONTRABANDO
Carga com 150 mil maços de cigarros é apreendida no Sul de MS
ASSEMBLEIA LEGISLATIVA
Aprovado estado de calamidade pública em mais três municípios
TV DOURADOS NEWS
3º BPM de Dourados faz balanço das ações de 45 dias de atuação
PANDEMIA
Em MS, mais de 300 pacientes estão internados devido ao coronavírus
DOURADOS
Gaeco encontra munições na casa de procurador alvo de operação
DOURADOS
Homem é preso com 10kg de maconha na rodoviária
DOURADOS
Criança baleada por atirador em noite sangrenta morre no hospital

Mais Lidas

DOURADOS
Atirador chegou em igreja na hora da comunhão e entrou dizendo ter feito bobagem
BARBÁRIE
Vizinhos relatam frieza de atirador que ainda voltou para conferir se ex estava morta
CRIME BÁRBARO
Atirador que matou ex-mulher e feriu crianças fez outras vítimas antes de se suicidar
DOURADOS
Polícia vai à casa onde atirador começou noite sangrenta e identifica testemunhas