segunda, 22 de abril de 2024
Dourados
25ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Juvêncio anuncia saída do PMDB e culpa André Puccinelli

08 setembro 2003 - 15h50

O senador Juvêncio César da Fonseca acaba de anunciar ao MidimaxNews que está deixando o PMDB para ingressar no PDT e culpa o prefeito de Campo Grande, André Puccinelli, pela decisão de trocar de legenda. “Deixo o PMDB por causa do desconforto que sinto dentro do partido e quem gerou esse desconforto foi o prefeito André Puccinelli”, disparou.Ainda de acordo com Juvêncio, a discriminação do PMDB contra ele é pública e notória. “Falta um sentido de democracia coletiva no partido que hoje discrimina suas lideranças mais importantes e vive uma autocracia”, declarou, completando que não pode negar que se trata de uma grande legenda, mas isso não ganha eleição. “Já perdemos duas eleições para o PT por essa desunião e, além disso, o PMDB não dá liberdade para as suas lideranças”, completou.Sobre o fato de estar deixando o PMDB para ser o candidato à Prefeitura de Campo Grande pelo PDT nas eleições do próximo ano, o senador disse que realmente tem essa intenção, porém não há cartas marcadas para ele ser candidato. “No PMDB, se o André pudesse indicava ele mesmo para ser candidato. Por isso escolhi o PDT que é um onde mais tenho amigos e onde também tenho chances de ser o candidato”, disse. Com a saída de Juvêncio, o PMDB pode sofrer alterações também na Câmara de Vereadores da Capital. A transferência de Marcelo Bluma do PSC para o PDT já está praticamente confirmada, além disso Jorge Martins também ingressar no partido junto com o senador. No entanto, o partido que poderá perder mais nomes é o próprio PMDB. O nome do vereador Matozinhos já foi levantado pelo deputado estadual Antônio Braga (PDT) como um dos que poderão mudar de legenda. Já foram iniciadas conversas com outros vereadores para que sigam o mesmo caminho do senador Juvêncio. Entre eles o do vereador Edil Albuquerque, que apesar de ter se filiado recentemente ao PMDB, poderá mudar para o PDT. Essas prováveis alterações dentro do PMDB deverão ocorrer porque os vereadores se deram conta de um problema que deverão enfrentar. O partido não deverá conseguir reeleger oito vereadores. Os próprios vereadores já fizeram seus cálculos e concluíram que o partido poderá eleger quatro ou cinco vereadores nas próximas eleições. A questão é quem ficará de fora. Com receio de que isso possa efetivamente acontecer, alguns já deverão procurar outros caminhos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Indígenas prometem seguir lutando por demarcação de terras
POLÍTICA

Indígenas prometem seguir lutando por demarcação de terras

MUNDO NOVO

Mestrado em Biodiversidade e Sustentabilidade Ambiental abre inscrições

ECONOMIA

Não houve invasão externa em sistema do Tesouro, diz Haddad

COTAÇÃO

Dólar cai para R$ 5,16 à espera de dados nos Estados Unidos

Ministra mantém indenização de Deltan a Lula por caso de powerpoint
JUSTIÇA

Ministra mantém indenização de Deltan a Lula por caso de powerpoint

CAMPO GRANDE 

Homem que atropelou e matou esposa é liberado após audiência de custódia 

COTAÇÃO

Agronegócio fecha a segunda-feira com reduções nos preços em Dourados

QUATRO ANOS

Detento que cavou buraco em canil para fugir da PED é preso em Goiás 

RODOVIA ESTADUAL 

Homem é preso transportando 700 pacotes de cigarros contrabandeados

REFERÊNCIA

Voucher Transportador já atendeu quase mil motoristas e pode ampliar vagas

Mais Lidas

CAMPEONATO ESTADUAL

Operário domina partida, vence o DAC por 3 a 1 e conquista o título Estadual

DOURADOS

Jovem morre a caminho de hospital após ser atingido por facada no abdômen

CAPITAL

Trabalhadores que faziam serviço tapa-buraco são atropelados

FUTEBOL

Sem o título, Dourados perde ainda duas vagas para competições nacionais