Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Jutiça concede liberdade provisória a servidor do Incra

01 março 2010 - 14h06

O servidor do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), Ramão Echeverria, preso na última terça-feira pela Polícia Federal, conseguiu liberdade provisória e está solto desde o último sábado (27).

O pedido da defesa foi deferido pelo juiz federal Dalton Igor Kita Conrado, da 5ª Vara Federal Criminal.

De acordo com a advogada de defesa do servidor, Luciana Abou Ghattas, ele preenchia todos os requisitos necessários para que respondesse ao processo por assédio sexual em liberdade. “Se ele ficasse preso seria inconstitucional”, argumenta.

Ela explica que o fato de Ramão ser cidadão primário, casado, pai de família, ter emprego fixo e morar há 30 anos em Campo Grande, diferente dos 17 anos que haviam sido informados anteriormente, contribuíram para a liberdade provisória.

As investigações continuam sendo feitas pela Polícia Federal, que efetuou a prisão do servidor após denuncia de que ele estaria coagindo uma testemunha.

A defesa nega que isso tenha acontecido e garante que Ramão é o maior interessado no andamento das investigações e esclarecimento dos fatos.

Assédio - Em 2008, duas mulheres de assentamentos rurais do Estado denunciaram assédio sexual contra Ramão. Elas contaram que ele ameaçava excluir suas famílias do cadastro de terra se elas contassem o que ocorria.

Boletim de ocorrência foi registrado sobre o caso e provas, como fotografia do servidor de sunga entregue às vítimas, foi encaminhado ao MPF (Ministério Público Federal). Em dezembro de 2008 foi instaurado inquérito civil público para apurar o caso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Primo desaparecido pode ser oitava vítima do "pedreiro assassino"
DATAFOLHA
Pesquisa aponta que 67% reprovam aproximação de Bolsonaro com 'Centrão'
TERÇA-FEIRA
Rua Júlio Marques de Almeida no Parque Alvorada será preferencial
AUTORIZAÇÃO
PF diz ao Supremo para ouvir Bolsonaro em inquérito sobre interferência
ECONOMIA
Quarto sorteio do Nota MS Premiada será realizado neste sábado
DOURADOS
Jovem morre no Hospital da Vida 19 dias após acidente de moto
DOURADOS
Motorista fica ferido após colisão entre carros na Oliveira Marques
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 38 milhões neste sábado
FRIO
Dourados tem 11º dia com temperatura abaixo de 10 graus em maio
DELITO
Celso de Mello envia à PGR comunicação de crime contra Eduardo Bolsonaro

Mais Lidas

DOURADOS
Protocolo é seguido e mulher vítima do coronavírus é enterrada sem despedida de familiares
MAIORIA JOVENS
Vítima fatal da Covid-19 faz parte da faixa etária com mais casos da doença em Dourados
COVID-19
Curva segue ascendente e Dourados ultrapassa 200 casos de coronavírus
PANDEMIA
Comitê diz que Dourados não é epicentro do novo coronavírus e descarta lockdown