Menu
Busca terça, 18 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Justiça pede reforço durante depoimento de PM´s

16 agosto 2004 - 22h09

Depois de quinze dias preso em Campo Grande, o soldado Valdeci Pereira da Costa retornou ao trabalho. Ele foi um dos acusados de participar do assassinato do corretor de imóveis, em Jardim, em dezembro do ano passado. O soldado foi ouvido pela Justiça e liberado. Se diz inocente. Aos poucos o Batalhão da Polícia Militar de Ponta Porã começa a voltar a rotina. Os soldados Carlos Donizeth da Silva, Jorge Prieto e Carlito Gonçalves Miranda também foram libertados, acusados de participação no mesmo crime, depois de ficarem mais de 15 dias no Presídio Militar. O cabo Vilson Brandão também foi liberado pela Justiça. Os pm´s são acusados de participação no assassinato do corretor de imóveis Altair Cavalheiro Flores Neto em dezembro do ano passado. De acordo com o comandante do batalhão, o soldado Humberto Aparecido Rolon ainda não se apresentou à justiça e é considerado foragido, segundo o comandante Enir Soares Souza Jr. O comandante disse ainda que, com a volta dos soldados, o trabalho ostensivo foi retomado. As armas dos soldados presos em Campo Grande, segundo o comandante, continuam no 4º Batalhão da PM de Ponta Porã. A justiça não requereu as armas para o exame de balística. Portanto, os soldados estão usando as armas normalmente. Amanhã, a partir das 9h, os cinco pm´s que continuam presos, os soldados Carlos Icassati, Miguel Icassati e Celso Rodrigues Romeiro, além do coronel Gibson Maroni, comandante afastado da PM de Ponta Porã serão ouvidos no Fórum de Jardim. Bruno Maroni, filho do comandante afastado, também vai ser interrogado pelo juiz da 2a. vara, Carlos Garcete. A Justiça pediu reforço da PM durante os depoimentos, que devem durar quase o dia todo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRANSPORTE DE CARGAS
Governo Federal anuncia novas regras que beneficiam os caminhoneiros
Decreto prorroga medidas restritivas e mantém parques fechados em Dourados
PANDEMIA
Decreto prorroga medidas restritivas e mantém parques fechados em Dourados
COXIM
Idoso que estuprou mais de 10 crianças é preso por abusar da neta de 5 anos
JUDICIÁRIO
Ministro do STF nega pedido da 'capitã cloroquina' para evitar perguntas da CPI
'Lágrima' é assassinado com tiros na cabeça e no abdômen por dupla armada
CHAPADÃO DO SUL
'Lágrima' é assassinado com tiros na cabeça e no abdômen por dupla armada
NÚMEROS DA PANDEMIA
Brasil se aproxima de 440 mil mortos por Covid, com média de 1.953 por dia
Casal de MS é preso por tráfico internacional com carregamento de crack
PRAZO
Depen prorroga inscrições de concurso com 1.177 vagas; salários de R$ 8,3 mil
DOURADOS
Homem é preso acusado de violência doméstica e posse ilegal de arma 
ECONOMIA
Detran/MS avança com serviços digitais e agora oferece pagamento com PIX

Mais Lidas

POLÍCIA
'Apaixonado', rapaz furta objetos na PED para ser preso e reencontrar marido
CLIMA
Frio mais intenso do ano é previsto para esta semana em Dourados
REGIÃO
Mulher mata o marido a facadas após discussão em MS
FEMINICÍDIO
Mulher é encontrada morta com golpe de faca no pescoço na região do João Paulo II