Menu
Busca quarta, 28 de julho de 2021
(67) 99257-3397

Justiça do Rio procura Rosinha e Anthony Garotinho

20 novembro 2004 - 10h29

A juíza da 6ª Vara Cível do TJ (Tribunal de Justiça) do Rio, Daniela Ferro Affonso Rodrigues Alves, citou ontem por edital publicado em jornais cariocas a governadora do Estado, Rosinha Matheus (PMDB), e seu marido, o presidente regional do PMDB, Anthony Garotinho, para que paguem uma indenização de R$ 110 mil por danos morais ao coordenador da Associação Comitê Rio de Janeiro da Ação da Cidadania, Contra a Fome, a Miséria e Pela Vida, Maurício Andrade.Por causa do fim de semana, o prazo de 24 horas para o pagamento acaba na segunda-feira.A ação foi movida por Andrade depois de o casal ter acusado o coordenador da associação e a ex-governadora Benedita da Silva (PT) de desviarem R$ 500 mil do programa de restaurantes populares do Estado.A decisão em primeira instância determinava que cada um pagasse cerca de R$ 14 mil. Ambas as partes recorreram. A juíza acatou a apelação de Andrade, que considerou pequena a quantia e aumentou a indenização.O edital foi publicado porque oficiais de Justiça não conseguiram encontrar o casal Garotinho. De acordo com o edital, ambos "se encontram em lugar incerto e desconhecido".Segundo o TJ, eles são obrigados a depositar o dinheiro em juízo e, depois, têm até dez dias para recorrer da decisão.Garotinho e Rosinha obtiveram do desembargador Nascimento Póvoas Weiss, da 18ª Câmara Cível, a determinação de segredo de Justiça no desenrolar do processo. A decisão, do início do mês, foi encaminhada ontem à 6ª Vara Cível. O pedido já havia sido negado pela juíza que atua no processo.Outro ladoSegundo uma nota sobre a decisão judicial divulgada ontem pelo governo do Estado, "serão tomadas as medidas cabíveis".Em relação ao pagamento de indenização, a nota afirma que ele "não será realizado por causa de vício processual em função de contradição de prazos: o edital fala em 24 horas e 20 dias".No edital, está escrito que a juíza da 6ª Vara Cível "faz saber que o presente edital com prazo de 20 dias" cita o casal. Adiante, o texto informa que há "prazo de 24 horas" para pagarem a indenização.Segundo o TJ, os 20 dias são a validade do edital, mas a decisão da juíza informa que o pagamento deverá ser feito em 24 horas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Veículo carregando com 200 quilos de maconha é apreendido na BR-267
Veículo carregando com 200 quilos de maconha é apreendido na BR-267
JUDICIÁRIO
Gilmar Mendes manda PGR se manifestar sobre investigação de Braga Netto
Jovem é agredida por tio após ele encontrar teste de gravidez no banheiro
Atleta de MS, Leonardo de Deus termina final dos 200m borboleta longe do pódio
JOGOS DE TÓQUIO
Atleta de MS, Leonardo de Deus termina final dos 200m borboleta longe do pódio
Frio: prefeitura cria força-tarefa para atender pessoas em situação de rua
DOURADOS
Frio: prefeitura cria força-tarefa para atender pessoas em situação de rua
Brasileiro acusado de feminicídio é deportado do Paraguai
EDUCAÇÃO
IFMS abre matrículas da 2ª chamada para cursos de qualificação profissional
MEIO AMBIENTE
PMA resgata filhote de veado em quintal de residência em Guia Lopes
CREDENCIAMENTO
Escolagov divulga pontuação de candidatos em processo seletivo
FRONTEIRA
Polícia prende acusado de tentativa de estupro contra estudantes de medicina

Mais Lidas

ESTRELA PORÃ
Homem que atropelou e matou adolescente de 13 anos é preso em Dourados
DOURADOS
Acidente no Centro deixa motociclista com fratura na perna e motorista foge
DOURADOS
Preso, jovem afirma ter bebido e que fugiu por medo de linchamento
DOURADOS
Drogas e submetralhadora são apreendidos no Idelfonso Pedroso