Menu
Busca quarta, 12 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Julgamento de Saddam e aliados começa em semanas

05 setembro 2004 - 20h03

O líder iraquiano deposto Saddam Hussein e seus principais aliados irão a julgamento em algumas semanas, informou neste domingo o ministro de Estado do Iraque, Kasim Daoud. "Saddam Hussein e seu bando terão seus julgamentos no período de semanas", afirmou Daoud em uma entrevista na Cidade do Kuweit, depois de reuniões políticas. Ele disse que se referia aos 55 mais procurados integrantes do regime de Saddam Hussein.Muitos deles estão presos ou foram mortos. Daoud esclareceu que é preciso mais tempo para preparar os processos de integrantes de mais baixo escalão do regime, acusados de crimes contra os iraquianos, porque há muita gente nessa situação. Questionado se os Estados Unidos influenciarão os julgamentos, ele afirmou: "Nós barramos o governo iraquiano de influenciar, como poderemos permitir que estrangeiros tenham um papel no julgamento de Saddam? Não... Saddam Hussein será julgado pelo Judiciário iraquiano, que vai proferir uma sentença justa contra ele."Em meados de agosto, o primeiro-ministro interino do Iraque, Iyad Allawi, cobrou que um tribunal iraquiano acelerasse os procedimentos legais contra Saddam. Ele afirmou que o seu governo, que é apoiado pelos Estados Unidos, faria tudo para assegurar julgamento justo para os líderes do regime deposto. Saddam foi acusado em primeiro de julho de crimes contra a humanidade, por um juiz indicado pelos Estados Unidos. Vários dos seus principais aliados também foram separadamente acusados pelo mesmo juiz. Eles aguardam o julgamento detidos em um local secreto, vigiados pelos Estados Unidos, sob jurisdição iraquiana. Sobre as notícias da prisão de um homem, que acredita-se que seja Izzat Ibrahim al-Douri, o principal dos procurados ainda em fuga, Daoud afirmou que a captura se deu perto de Tikrit, em uma operação conjunta das forças internacionais que atuam no Iraque e da Guarda Nacional do país.O ministro disse que "fontes de inteligência" levaram à prisão e completou que a tentativa de um grupo de pessoas de obstruir a captura confirmou que o homem é uma figura importante da insurreição. "Ele vai se juntar a sua gangue nas celas iraquianas para ser interrogado. Ele será então apresentado ao tribunal, que nós esperamos que seja formado e anunciado logo", afirmou Daoud.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Ladrão trapalhão cai durante fuga e acaba detido até chegada da PM
COVID-19
Neno Razuk pede prioridade na vacinação para cuidadores de crianças
Desenhista de MS "consagrado" por Silvio Santos terá novo encontro com apresentador
ARTISTA
Desenhista de MS "consagrado" por Silvio Santos terá novo encontro com apresentador
TRÊS LAGOAS
Homem é preso por furtar televisão e notebook de clínica odontológica
Audiência pública vai debater hoje o piso salarial de enfermeiros
POLÍTICA
Audiência pública vai debater hoje o piso salarial de enfermeiros
AJUDA
Caixa libera saques do auxílio para novo grupo; veja quem recebe
UFGD
Pesquisador descobre novas espécies de peixes na bacia do Taquari
SENADO
CPI ouve hoje Wajngarten sobre 'incompetência' do Ministério da Saúde
SOLIDARIEDADE
Doações para campanha 'Aqueça Uma Vida' podem ser feitas até dia 18
COXIM
Corpo encontrado em lagoa fica sobre "reboque" até chegada da polícia

Mais Lidas

PANDEMIA
Levado pela Covid-19, "João da União" deixa legado para família e em Dourados
INDÁPOLIS
'Frio' e com roupa ainda suja de sangue, assassino de tio não mostrou arrependimento ao ser preso
DOURADOS
Homem morre no HV após acidente com condutor que empinava moto
PANDEMIA
Novo decreto mantém toque de recolher às 21h e autoriza abertura de cinema em Dourados