Menu
Busca quinta, 15 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Julgamento de Elias Maluco começa amanhã

23 maio 2005 - 14h39

A quadrilha de Elias Pereira da Silva, o Elias Maluco, apontada como responsável pela captura e assassinato do jornalista Tim Lopes, vai a júri popular amanhã, no Rio de Janeiro. No banco dos réus, estarão sete acusados. A previsão é de que o julgamento dure três dias. Durante a realização de uma matéria sobre abuso de menores e tráfico de drogas em um baile funk promovido na Vila Cruzeiro, na Penha, Rio, o repórter da Rede Globo, foi descoberto, seqüestrado e morto por traficantes liderados por Elias Maluco. Tim foi visto pela última vez no dia 2 de junho de 2002. O crime chocou a população e foi encarado como um cerceamento à liberdade de imprensa. O jornalista foi levado para o topo da Favela da Grota, no Complexo do Alemão. Ele foi torturado e morto por traficantes. Seu corpo foi queimado e encontrado dez dias depois na Pedra do Sapo, localidade controlada por Elias Maluco e pelo Comando Vermelho, do qual faz parte. Processos Elias Maluco tem mais seis processos criminais por tráfico de drogas, homicídios e seqüestro. Ele foi preso na favela onde comandava o tráfico - a mesma onde o jornalista foi assassinado. Também estarão sendo julgados Cláudio Orlando do Nascimento, o Ratinho. Ele é acusado de torturar e participar do crime. Ângelo Ferreira da Silva confessou que levou Tim Lopes de carro pela favela para a execução. Elizeu Felício de Souza, o Zeu, segundo o inquérito, comprou a gasolina para carbonizar o corpo. Fernando Satiro da Silva, Reinaldo Amaral de Jesus e Claudino dos Santos Coelho também são acusados dos crimes. Eles serão acusados de homicídio triplamente qualificado, por motivo torpe, com emprego de meios cruéis e impedindo a defesa da vítima. Além disso, também serão julgados por ocultação de cadáver e formação de quadrilha. Podem pegar até 39 anos de prisão.    

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dois foragidos da justiça são presos no mesmo bairro na Capital
INVESTIGAÇÃO
Dois foragidos da justiça são presos no mesmo bairro na Capital
Funsaud oficializa saída de diretor médico da UPA após denúncia de escala sem plantonista
DOURADOS
Funsaud oficializa saída de diretor médico da UPA após denúncia de escala sem plantonista
Desconhecido entra em empresa e furta notebook, mochila e materiais de escritório
DOURADOS
Desconhecido entra em empresa e furta notebook, mochila e materiais de escritório
Após denúncia, dupla é presa com drogas embaladas para a venda
REGIÃO
Após denúncia, dupla é presa com drogas embaladas para a venda
BENEFÍCIOS
UFGD abre mil vagas para Auxílio Alimentação e 800 para Bolsa Permanência
REGIÃO
Mulher cai de moto pilotada pelo filho e morre no hospital
CRIME AMBIENTAL
Goiano preso com minhocas terá que pagar multa de quase meio milhão de reais
LEGISLATIVO DE MS
Cinco projetos estão previstos para a sessão ordinária desta quinta-feira
EDUCAÇÃO
Aprenda mais do Guarani na 5ª lição que traz os números, dias da semana e outros conteúdos
DOURADOS
Homem que atirou na cabeça da ex vai a júri popular por tentativa de feminicídio

Mais Lidas

RIO BRILHANTE
Soldado da Polícia Militar é encontrado morto no interior de residência
CASA PRÓPRIA
Prefeitura abre recadastramento habitacional em Dourados
DOURADOS
Homem encontrado morto pode ter envolvimento em esquema de agiotagem internacional
DOURADOS
Polícia prende suspeito de tentar matar homem a tiros no Parque do Lago II